Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Google está desenvolvendo uma grande parceria com diversos sites jornalísticos do Brasil e do mundo para a publicação de notícias. Entre os pontos centrais desses acordos está a liberação do paywall. Ou seja, conteúdos pagos vão passar a ser gratuitos dentro das plataformas do Google Notícias.

O programa News Showcase começou em outubro e tem parceiros em diversos países do mundo. Os conteúdos podem ser visualizados no site oficial do programa ou no aplicativo para Android e, em breve, iOS.

publicidade

A parceria tem como foco carrosséis de notícias, feitos pelos editores dos próprios sites com conteúdos personalizados. Esse painéis podem ser vistos na aba “Para você” dentro do Google Notícias.

Quebra do bem

Mas, a grande vantagem desse modelo parece ser a quebra do Paywall, o Google promete que vai pagar pelo acesso e, em troca, os leitores precisaram apenas criar uma conta no site do qual estão consumindo a notícia.

google notícias

Como funciona na prática

“Primeiro, em breve começaremos a oferecer às pessoas acesso a conteúdo pago em parceria com editores de notícias selecionados. Paywalls são uma parte crucial das estratégias de receita de alguns editores. Para apoiar esse objetivo, pagaremos aos parceiros participantes para fornecer acesso limitado a conteúdo com acesso pago para usuários do News Showcase”, disse o Google no comunicado. “Nossos parceiros de mídia na Alemanha e no Brasil, dois dos principais países que usam o News Showcase, já viram um forte engajamento do leitor”, completa ainda.

Não há detalhes de quais conteúdos em paywall serão liberados pelo Google e nem uma data específica, mas ao que tudo indica, não deve demorar muito. Aqui no Brasil, cerca de 30 veículos como Estadão, IstoÉ, UOL e Folha de S.Paulo estão inclusos na iniciativa. Ainda segundo a gigante, o objetivo é expandir isso para ainda mais sites. O investimento inicial no programa, segundo o comunicado, é de cerca de U$s 1 bilhão.

publicidade

Via Google

Imagem: Life of Pix/Pexels/CC