Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Antes de tudo o que aconteceu em 2020, a Samsung Display pretendia interromper a confecção de LCDs até o fim deste ano, mas as coisas mudaram e isso acabou sendo adiado. O maior motivo para a mudança de planos é que com a pandemia da Covid-19, a venda de LCDs aumentou, assim, seria uma péssima escolha deixar de fabricar o produto até pelo menos o fim do ano. No início de 2020, a marca vendeu parte dos equipamentos da fábrica L8 para a Efonlong (fabricante de monitores).

As fábricas onde a Samsung produz os painéis ficam em Asan, na Coréia do Sul e em Suzhou, na China. A marca já oficializou a venda da unidade de Suzhou para a China Star Optoelectronics Technology (empresa fabricante de painéis LCD e OLED local). A Samsung espera encerrar a fabricação de LCDs em março de 2021.

publicidade
Televisão LCDs Samsung (Imagem: John-Mark Smith/Pexels)

Televisão LCDs Samsung (Imagem: John-Mark Smith/Pexels)

Alguns especialistas do assunto imaginam que a Samsung deve continuar melhorando a qualidade de sua tecnologia e equipamentos através de seus investimentos. Sem a Samsung, as marcas concorrentes Sony, Panasonic e LG terão um mercado de televisão LCD mais abrangente para disputarem entre si.

Ao invés das LCD, a empresa coreana pretende se dedicar a fabricar as telas Quantum Dot (QD-OLED). A Samsung pretende investir US$ 11,7 bilhões até 2025 na tecnologia QD-OLED, mas sua produção ainda vai demorar para atender a própria demanda interna da empresa.

Via SamMobile.

publicidade