Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Será mesmo que a Sony terá um drone? Hoje, a gigante japonesa revelou um projeto chamado Airpeak, que irá “apoiar os criadores de vídeo ao máximo possível”, de acordo com um comunicado de imprensa enigmático.

O release informa que este projeto é voltado para o entretenimento e “várias” outras indústrias, sugerindo usos profissionais ao invés de produtos de consumo. Na verdade, não está totalmente claro se a Sony lançará seu próprio drone ou se oferecerá módulos de câmeras e sensores para fabricantes de drones.

publicidade

Mas isso faz parecer que a Sony deseja enfrentar fabricantes de drones voltados para o consumidor, como DJI, Parrot e Skydio. E faz muito sentido, dada a experiência da Sony nos mercados de câmeras compactas e full frame mirrorless.

Sony drone

Pedido de patente da Sony. Fonte: Scribd

No comunicado à imprensa, porém, a Sony observa como os drones levaram à “eficiência do fluxo de trabalho e economia de energia no setor industrial”. E acrescenta: “A Sony atribuiu a marca Airpeak para refletir sua aspiração de contribuir para o maior desenvolvimento e a criação de valor por meio de sua tecnologia de imagem e sensoriamento”.

Ela inclui também as tecnologias 3R (Reality, Remote, real-time, que são as tecnologias de realidade virtual e aumentada, usadas em streaming e remotamente).

Portanto, fica a dúvida: é um negócio para o consumidor final ou para negócios profissionais? Espera-se que seja o primeiro. Pois a empresa já tem o Aerosense, uma joint venture com a ZMP, focada em negócios. A Aerosense é especializada em levantamento, filmagem de eventos ao vivo e criação de mapas a partir de drones.

publicidade

Vídeo da Sony anunciando o projeto Airpeak

O mercado de drones para consumidores é notoriamente difícil de penetrar. A GoPro pensou que poderia enfrentar a DJI em 2016, mas seu quadricóptero Karma foi um fracasso comercial. A situação é um pouco diferente desta vez. A DJI estava em hostilidade com o governo dos EUA em relação à tecnologia feita na China.

Portanto, a Sony pode ser favorecida no Ocidente por ser uma empresa japonesa. Ainda assim, terá que lutar contra a pandemia de coronavírus em curso, que tornou mais difícil para as pessoas viajarem e chegar a locais onde gostariam de pilotar um drone.

Esperançosamente, a situação será melhor em 2021, quando a Sony planeja lançar formalmente sua iniciativa Airpeak.

Via: Dpreview e Engadget