Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Samsung Eletronics resolveu investir pesado para tirar da TSMC o posto de maior fabricante de chips para celulares do mundo. A ideia da empresa sul-coreana é investir US$ 116 bilhões exclusivamente na fabricação de chips de última geração, da linha Exynos para, no futuro, não depender mais de produtos da Media Tek ou da Qualcomm, por exemplo.

Atualmente considerada a maior fabricante de chips do planeta, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC), pode estar com o reinado ameaçado, se a Samsung conseguir executar o plano com sucesso.

publicidade

De acordo com informações passadas à Bloomberg por um executivo-sênior da empresa, a produção em massa de chips de 3 nanômetros, equivalentes aos mais avançados da TSMC, está prevista para dentro de, no máximo, 2 anos.

Parcerias de peso podem ajudar Samsung na briga com a TSMC

Vencer a guerra de chips contra a TSMC não será tarefa fácil para a Samsung. Por isso, a fabricante sul-coreana tem procurado aliados e parceiros de peso, já visando à vitória no prazo estabelecido, com data prevista para 2022.

Entre eles, segundo a reportagem da Bloomberg, está o bilionário Jay Y. Lee. De acordo com o vice-presidente executivo de desenvolvimento de plataforma da empresa, Park Jae-hong, as ferramentas iniciais para o desenvolvimento dos chips capazes de fazer a Samsung bater a TSMC “já estão em processo de construção”.

“Para responder ativamente às tendências do mercado e reduzir a barreira do design para o desenvolvimento competitivo de sistemas em um chip, continuaremos inovando nosso portfólio de processos de ponta, ao mesmo tempo que fortaleceremos o ecossistema de fundição da Samsung por meio de estreita colaboração com parceiros”, avisou.

publicidade

A lista de clientes interessados em utilizar os chips produzidos pela Samsung também não para de aumentar desde o ano passado, apresentando um salto de 30%. Entre os novos clientes que recorreram aos chips da Samsung ao invés da TSMC estão a Nvidia e a IBM.

Especialista vê rapidez na perseguição da Samsung a TSMC

Rino Choi, professor de Ciências Materiais da Universidade Inha, foi enfático em sua previsão para a Bloomberg: “A Samsung está chegando perto de alcançar a TSMC e parece que dominará a oponente adotando novas tecnologias pela primeira vez”.

O especialista, no entanto, fez um alerta para os diretores da gigante sul-coreana. “Se a Samsung não incrementar a produção com a mesma rapidez do avanço sobre a TMSC nesse estágio inicial, poderá perder dinheiro”.

De acordo com os analistas do setor de tecnologia, a TMSC investe aproximadamente US$ 17 bilhões por ano para manter a liderança no mercado de chips, tanto em tecnologia, quanto em capacidade produtiva. A Samsung, por sua vez, desembolsou US$ 26 bilhões em 2020, mas nem todo o investimento foi direcionado para a área. Pelo menos por enquanto.

Via: Bloomberg