Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

As coisas não andam fáceis para o Google. Depois do vazamento de documentos promovendo lobby contra as regras da União Europeia, agora é a vez do Airbnb acusar o Google de sabotar seu tráfego de rede.

Em prospecto de oferta pública para que possa negociar suas ações na Nasdaq, o Airbnb acusa o Google prioriza seus produtos e serviços, reduzindo, em consequência, as visitas de internautas ao site da empresa.

publicidade

Uma reportagem divulgada pelo site Gizchina diz que o documento da Airbnb reporta que “o Google lançou anúncios de viagens e aluguel de férias. Esses serviços tiveram um sério impacto em nossos resultados de SEO. A posição de nossa plataforma nos resultados de pesquisa orgânica do vocabulário relacionado a viagens do Google foi rebaixada e a posição não é mais tão boa”.

O Airbnb foca o uso de SEO para se posicionar nas plataformas de busca, mas acusa o Google de “ajustar algoritmos do mecanismo de pesquisa ou realizar ações semelhantes que estão além do nosso controle” o que afetaria a classificação e o tráfego da plataforma.

Uma série de problemas

Não é de hoje que o Google tem enfrentado processos e problemas. Recentemente, o governo da Turquia multou a empresa em US$ 26 milhões por concorrência desleal em suas publicidades e Índia, Estados Unidos e União Europeia também estão investigando fazer o mesmo.

A União Europeia quer regulamentar as empresas de Internet e já afirmou que empresas como o Google têm muito poder no mercado, sendo que a empresa detém o monopólio do mercado de mecanismos de pesquisa e, para a União Europeia, o Google teria uma vantagem injusta diante de seus concorrentes.

publicidade

Via Gizchina

Foto de cottonbro no Pexels