Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O CEO da Alphabet, empresa-mãe do Google, Sundar Pichai pediu desculpas o Thierry Breton, Comissário de de Mercado Interno da União Europeia. Isso se deu após documentos internos, que pregavam lobby e táticas para driblar regras da União Europeia, vazarem publicamente.

A União Europeia deve divulgar em dezembro um documento chamado Digital Services Act e Digital Market Act (“Ato de Serviços Digitais” e “Ato de Mercado Digital”), que deve colocar regras para as empresas de internet que atuarem na Europa.

publicidade

Essas regras mais rígidas da União Europeia poderiam impedir negócios e forçar mudanças operacionais nas empresas de Internet e, diante da ameaça, o Google planejava convocar aliados nos Estados Unidos para forçar um lobby contra o comissário durante 60 dias.

Sem surpresas

Na quinta-feira (12/11), segundo divulgou a agência de notícias Reuters, Pichai e Breton fizeram uma videoconferência para esclarecer os fatos. Essa teria sido a terceira conversa entre os dois neste ano.

“Não estou surpreso. Não sou ingênuo. Achei um pouco antiquado”, disse Breton durante uma entrevista à Anglo-American Press Association, enquanto segurava os papeis vazados do Google, “em todo caso, sim, discuti com Sundar… disse o que tinha a dizer… ele se desculpou. Disse a ele que se precisar de algo, minha porta estará sempre aberta”.

O CEO da empresa-mãe do Google afirmou não ter conhecimento dos documentos vazados sobre o lobby contra as regras da União Europeia. Um porta-voz da companhia, Al Verney, divulgou por comunicado que as ferramentas virtuais da companhia têm sido “uma tábua de salvação para muitas pessoas e empresas durante o lockdown e o Google está empenhado em continuar a inovar e criar serviços que possam contribuir com a recuperação econômica da União Europeia pós-Covid-19”.

publicidade

O comissário da União Europeia reforçou a importância das novas regulamentações para o mercado, dizendo que a Internet não é como o Oeste Selvagem e precisa de regras claras e transparentes, ser um ambiente previsível com direitos e deveres equilibrados.

Via Reuters e Gizmochina

Foto: Divulgação