Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Como prometido, a Xiaomi lançou o Mix 4 (sem o “Mi” no nome do celular) em seu evento especial, que está acontecendo hoje na China. O smartphone chega com a aguardada câmera selfie de 20 MP embaixo da tela e confirma muito das especificações que vimos no decorrer das últimas semanas.

Nesta parte de câmera frontal, o celular premium da Xiaomi apresenta sua tecnologia própria de pixels de micro-diamante, que reduz os tamanhos dos pixels e aumenta o brilho, buscando oferecer melhorias nas fotos. Aqui, o sensor oferece pixels de 1,6 µm quando o binning 4 em 1 é aplicado.

publicidade
parte da frente e de trás do lançamento da Xiaomi

Divulgação/Xiaomi

A tela AMOLED 3D curva de 6,67 polegadas traz recursos HDR10+, resolução de 2400 x 1200 FHD+, TrueColor de 10 bits, oferecendo uma relação de contraste de 5000000: 1 e Dolby Vision. Ela é protegida por Gorilla Glass Victus e possui uma taxa de atualização de 120Hz.

Foco nas câmeras
detalhe da área de câmeras traseiras do Xiaomi Mix 4

Divulgação/Xiaomi

Na parte de trás, há o módulo retangular com as pontas arredondadas trazendo uma câmera principal de 108 MP ISOCELL HMX com OIS e uma lente periscópia de 8 MP com 5x de zoom e comprimento focal equivalente a 120 mm. Uma terceira câmera de 13 MP ultra-wide completa o trio, com recurso freeform que pode reduzir a distorção de borda para até 1%. A empresa ilustrou como pode ser a melhoria alcançada na imagem com essa tecnologia.

imagem mostrando diferença no recurso de diminuição de distorção das câmeras do celular da Xiaomi

Divulgação/Xiaomi

O Xiaomi Mix 4 é alimentado pelo processador Qualcomm Snapdragon 888+, que traz 3GHz de frequência máxima, Cortex-X1, com suporte para RAM LPDDR5 e UFS 3.1. Na parte de conexão, o telefone possui 19 antenas e 42 bandas de frequência, além de 4 antenas para oferecer um posicionamento espacial mais preciso. O suporte UWB é de 500MHz.

Peso leve

Com uma área de superfície total de 11588 mm², o Xiaomi Mix 4 apresenta um desenho voltado para beneficiar a dissipação de calor. Além disso, o mais recente dissipador de calor de grafeno de 1232 mm² é informado pela empresa como capaz de oferecer 50% de redução de peso. Outro fator que a empresa destaca nesse sentido de trazer leveza para o celular é o corpo em cerâmica fina, que reduz o peso em 30%, segundo a Xiaomi, resultando em um aparelho pesando 225 gramas.

publicidade
Xiaomi Mix 4 na cor preta

Divulgação/Xiaomi

Na parte da bateria de 4500 mAh, há suporte para 120W em carregamento rápido, com alcance de até 37° Celsius em recurso de controle de temperatura. Pelo modo padrão de carregamento, essa potência permite que em 21 minutos o celular alcance 100% de carga na tomada. Porém, há o modo de impulso, que acelera o tempo de carregamento e faz com que em apenas 10 minutos o aparelho alcance 80% e, em 15 minutos, alcance carga total. O mesmo acontece no carregamento wireless de 50W, onde o modo padrão permite que o Xiaomi Mix 4 alcance 100% de carga em 45 minutos e em 28 minutos quando acionado o modo de impulso.

detalhe da parte de baixo do Mix 4

Divulgação/Xiaomi

Nas cores branca, preta e cinza, o smartphone também oferece entrada USB-C e alto-falantes duplos com Sound Harman Kardon. As vendas estão programadas para iniciarem na China em 16 de agosto, segunda-feira que vem, com preços começando em 4.999 Yuans, no modelo de 8 GB de RAM e 128 GB de capacidade, a 6.299 Yuans para o modelo de 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno. Respectivamente, teríamos R$ 4.009 e R$ 5.051, aproximadamente, desconsiderando diferenças em impostos ou taxas. O Xiaomi Mix 4 ainda não tem previsão oficial para aparecer em mercados de fora da China.

Via GSMArena