Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Instagram derrubou uma fábrica de likes chamada LikeUp.Me, um site que vendia engajamento falso na rede social, como likes e seguidores inautênticos. O LikeUp.Me usava uma extensão para Google Chrome, também chamada LikeUp, para gerar os likes falsos para seus clientes.

Depois de receber uma intimação (uma ordem de cease and desist) do Instagram, o site da fábrica de likes LikeUp.Me saiu do ar. Esse tipo de ordem exige que o destinatário pare de realizar uma atividade ou enfrente uma ação judicial da parte do remetente, nesse caso o Facebook, dono do Instagram.

publicidade
Sem mais trapaça

Uma mensagem no site da fábrica de likes agora diz: “Desculpe, o LikeUp não está funcionando. Esse serviço não irá mais funcionar. Os reembolsos pelo último mês estão sendo processados”. A Motherboard, que escreveu sobre o caso hoje, ficou sabendo da ordem de cease and desist contra o LikeUp.Me através de um e-mail enviado a eles por Aleksey Bykhun, CEO do site. “Estou procurando uma pequena consultoria para responder uma ordem C&D do Facebook”, escreveu Bykhun. Depois que a Motherboard pediu comentários sobre as atividades de sua fábrica de likes no Instagram, Bykhun bloqueou os repórteres do site de seu Telegram.

Segundo o site pessoal de Bykhun, o LikeUp.Me teve uma renda de US$ 100 mil (cerca de R$ 525 mil pela conversão atual) em 2020. Por e-mail, um porta-voz do Facebook disse à Motherboard que engajamento falso viola as regras do Instagram, e que eles vão tomar ações como a ordem de cease and desist contra companhias que vendem esse tipo de engajamento.

Imagem: Prateek Katyal/Pexels/CC

publicidade