Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O novo filtro anunciado pelo Instagram na última semana, que deu aos usuários da plataforma o poder de definir o que querem ou não ver na timeline, ou seja, barrar o que consideram conteúdo sensível, não agradou a todos. Os chamados influencers têm demonstrado preocupação sobre a perda de alcance de suas publicações.

Segundo Phillip Miner, artista e fundador da revista Natural Pursuits, em entrevista ao The Verge, o filtro atingiu mais de 700 mil usuários do Instagram e foi compartilhado 192 mil vezes até a manhã desta segunda-feira (26/07). Miner revelou ter conversado com artistas e criadores de conteúdo que se revelaram “extremamente frustrados” por terem seus posts limitados pelo recurso.

publicidade

A denúncia do artista alegou ter base após reclamações de tatuadores, trabalhadoras do sexto (prostitutas) e mais, e foi de encontro ao que também divulgou uma fabricante de coldres para armas. A empresa também disse suspeitar de que conteúdos envolvendo “armas” e “capitalismo”, por exemplo, podem estar sendo ocultados.

O que diz o Instagram

Segundo um porta-voz do Instagram, não há motivo para Phillip Miner ou qualquer outro usuário da plataforma se preocupar com uma suposta censura causada pelo filtro que pode ser utilizado para barrar conteúdo sensível. O representante da empresa alegou que “alguns usuários podem até perceber um aumento dessas publicações devido a essa mudança, se as pessoas optarem por permitir conteúdo mais sensível em sua página”, e que “o Instagram continuará mostrando as postagens aos seguidores”.

Miner, no entanto, rebateu tal explicação. Segundo o artista, que costuma mostrar nudez, explícita ou sugestiva, como tema de seus trabalhos, muitas pessoas não consideram o assunto como conteúdo sensível, mas, mesmo assim, têm sofrido com o novo filtro de barrar conteúdo e não têm mais acesso às publicações dele.

Como ativar o filtro

Imagem mostra como funciona o controle do Instagram

publicidade

A pessoa pode deixar as configurações da plataforma como estão, caso esteja satisfeita com a sua experiência atual. Mas também pode ajustar o novo filtro de conteúdo sensível para bloquear (ou ver menos) conteúdo em posts que considere indesejáveis. Em outras palavras, esse controle possibilita escolher um pouco melhor o que será exibido.

O novo recurso aparece no menu de configurações e permite que os usuários escolham “Permitir” mais conteúdo que pode ser perturbador ou ofensivo, “Limitar” esse conteúdo ou “Limitar ainda mais”. É possível alterar as preferências a qualquer momento e há uma exceção para menores de 18 anos, que não terão acesso à opção “Permitir”. A novidade deve chegar progressivamente para todos os usuários do app.

Via The Verge

Imagem: StockSnap/Pixabay/CC