Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Já foi mais fácil compartilhar memes e outros conteúdos no mensageiro mais popular do Brasil. Hoje, o usuário só pode encaminhar mensagens no WhatsApp para um limite de cinco por vez — e às vezes apenas um. O site do aplicativo explica o motivo para isso: controle das fakes news. Que tomaram por vezes proporções enormes via aplicativo, causando episódios fatais.

WhatsApp e mortes

Quando falamos em fake news e WhatsApp, boa parte pode associar este problema a períodos de eleições. E sim, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos e outras partes do mundo, aplicativos sociais vem sendo escrutinados por este problema. Mas foi na Índia que foram observados repetidos episódios extremos, com boatos saindo de controle e causando até mortes. O Brasil infelizmente também tem registros de casos do tipo.

publicidade

Quando falamos especificamente do WhatsApp, existe uma certa caixa-preta sobre a ferramenta social. Isto porque, diferentemente do Facebook ou Twitter, o material não está indexado por links públicos. Pelo contrário, o mensageiro conta com mensagens criptografadas. E por não conseguir moderar o que acontece no serviço — na grande maioria das vezes — já protagonizou episódios de bloqueio em território nacional.

Retardando boatos

Assim, a chegada do limite para encaminhar mensagens no WhatsApp funciona como recurso paliativo no combate à disseminação da desinformação. Isto porque, ao deixar o usuário compartilhar com uma ou cinco pessoas, o esforço para fazer este trabalho repetidamente até atingir uma quantidade grande de contatos é enorme. E não apenas isto: tempo muitas vezes importa antes que algo saia do controle. A medida acaba dilatando os prazos nos quais boatos acabam ganhando força.

Nem todo mundo, porém, usa o recurso de encaminhar mensagens para o mal — mas acaba sendo impactado com o limite do WhatsApp, da mesma forma. Quando um conteúdo é compartilhado pela primeira vez, ele poderá ser enviado para até cinco outras pessoas. Mas se um redirecionamento for recompartilhado mais uma vez, aí só será possível enviá-lo a uma única pessoa. Uma saída é ter o esforço de promover o encaminhamento por etapas, a cada cinco contatos — se o que você tiver a compartilhando for tão importante assim.

Listas de transmissões

Outra saída é usar o recurso de lista de transmissões. Com ele, a mesma mensagem é enviada a até 256 contatos. Mas apenas mensagens originais — não algo encaminhado a você. E por medidas de segurança, só receberá o destinatário que também tiver seu número salvo no celular.

publicidade

Vale lembrar, mesmo com estas alternativas possíveis, o WhatsApp poderá banir temporariamente ou definitivamente sua conta se observar comportamento nocivo. Por isto, use as ferramentas do app de mensagens com sabedoria!

Imagem: Gerd Altmann/Pixabay/CC