Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um review publicado no YouTube traz detalhes sobre a nova bateria MagSafe da Apple. Desmontado, aparece seu segredo: o acessório conta tem duas células de carregamento conectadas, além de uma camada de circuitos NFC e de proteção térmica.

O vídeo feito pelo canal do Charger Lab mostra que o aumento da capacidade de carregamento do novo acessório da Apple se deve a presença de duas células de 3,82 volts. De acordo como review, a união destes núcleos dá à bateria Magsafe a capacidade de 1.460 mAh com uma potência de 11W.

publicidade

Além disso, o acessório conta com uma camada térmica para o resfriamento das células. Esta é a tecnologia que motivou o atraso do lançamento desta versão da MagSafe. Durante o desenvolvimento, ficou constatado que o sistema do iPhone identificava a presença das duas células como superaquecimento do aparelho e a proteção térmica serve para camuflar normalizar tal comportamento.

O vídeo também mostra que a nova bateria MagSafe possui diversos adesivos e camadas de colas internas que dificultariam o reparo dos acessórios. Esta é uma prática que tem sido combatida pelo governo americano que atualmente trabalha em um projeto para facilitar o reparo de produtos eletrônicos nos Estados Unidos.

Sucesso de vendas

A bateria MagSafe foi lançada pela Apple em julho e funciona como uma espécie de PowerBank que gruda na parte traseira do iPhone 12. Ela é vendida lá fora por US$ 99, aproximadamente R$ 520 (sem impostos), mas no Brasil vai custar bem mais caro, R$ 1.199.  Apesar do preço, o acessório tem sido um sucesso entre os usuários  e alguns lojistas estão sofrendo com a falta dos dispositivos à pronta entrega. O tempo de espera para a bateria em lojas físicas pode levar até 7 dias úteis.

publicidade

Via The Verge