Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Criadores negros no TikTok estão fazendo um tipo de greve, onde se recusam a criar uma coreografia para a música “Thot S—” de Megan Thee Stallion. Os tiktokers negros dizem que criam tendências virais na plataforma, só para que essas tendências sejam apropriadas por tiktokers brancos que muitas vezes não dão crédito aos criadores negros.

Em um vídeo postado na sexta-feira, Erick Louis, um tiktoker negro dos EUA de 21, apareceu ao som de “Thot S—” com a legenda FAÇA UMA DANÇA PARA ESSA MÚSICA em cima da cabeça. Aí ele mostra do dedo do meio e aparece a legenda QUE LOUCURA. ESTE APP NÃO SERIA NADA SEM OS NEGROS.

publicidade
@theericklouis

If y’all do the dance pls tag me 🙄 it’s my first dance on Tik tok and I don’t need nobody stealing/not crediting

♬ Thot Shit – Megan Thee Stallion

Como Louis disse à NBC News sobre a greve de criadores negros no TikTok: “Nesse app especificamente, para criadores negros, é muito difícil conseguir um espaço para dizer o que pensamos”. Segundo Louis, o TikTok deveria ser um espaço seguro para todas as pessoas divulgarem seus esforços criativos, mas mesmo nesse espaço os negros são obrigados a protestar para chamar atenção para o problema de apropriação da criatividade negra.

publicidade
Apropriação

Em um caso do tipo que rendeu manchetes, Jalaiah Harmon criou uma coreografia para o rap “Renegade” que viralizou. Mas foram as tiktokers brancas Charli D’Amelio e Addison Rae que ganharam fama, e lucraram, com a tendência. Harmon eventualmente recebeu o crédito pela coreografia, mas então a dança já estava perdendo popularidade. “Não estamos dizendo para não usar nosso conteúdo. Estamos dizendo para dar o crédito onde é devido”, acrescentou Louis.

E parece que os criadores negros em greve estão mesmo levantando um ponto importante. Outras músicas de Megan Thee Stallion, como “Savage” e “WAP”, têm 22 milhões e 4 milhões de vídeos no TikTok, respectivamente. Enquanto isso, “Thot S—”, lançada mês passado, tem apenas 165 mil vídeos.

Como um porta-voz do TikTok disse à NBC News: “Nos importamos profundamente com a experiência dos criadores negros em nossa plataforma, e trabalhamos todos os dias para criar um ambiente de apoio para nossa comunidade, ao mesmo tempo que incutimos uma cultura onde honrar e creditar criadores por suas contribuições criativas é a norma”. Em maio de 2020, o TikTok anunciou a criação de uma incubadora para criadores negros na plataforma.

Imagem: cottonbro/Pexels/CC