Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Se você frequentava shows antes da pandemia, provavelmente se deparou com as mazelas de um local com som ruim: os instrumentos embolados, a voz abaixo (ou acima) do ideal, uma microfonia ali e aqui, mas existe um aplicativo que tenta solucionar o problema, o Mixhalo. Lançado em 2017, esse app de shows não é nenhuma novidade, mas um dos seus recursos, sim. Agora, o app vai poder usar 5G e Wi-Fi para diminuir latência do som para o público nos Estados Unidos.

Áudio com qualidade da mesa de som

O Mixhalo é um app para shows que transmite o áudio diretamente do P.A. (apelido para o sistema de monitores no centro ou atrás do palco que controla o áudio ouvido pela plateia) para os smartphones do público. A ideia é que os ouvintes tenham acesso, por meio de fones de ouvido conectados ao celular, a um áudio superior ao dos alto-falantes no local do evento. “Temos um som muito mais claro no palco do que a plateia”, explica o co-fundador do app e guitarrista da banda americana Incubus, Mike Einziger. Ou seja, o público escuta o som dos técnicos de mixagem dos sons tocados no palco.

publicidade
Mixhalo com 5G e Wi-Fi

Como citamos, a novidade da vez no Mixhalo é o 5G em shows, mas existe outra novidade, o uso de Wi-Fi. Com a vacinação em massa promovida desde o início do governo Biden, foi possível o retorno das casas de shows nos Estados Unidos no verão do Hemisfério Norte.

Para comemorar a volta dos shows por lá, o Mixhalo anunciou duas novas tecnologias de áudio para eventos ao vivo. A primeira é a Over Cellular, que fará a transmissão dos shows por 5G em vez de Wi-Fi, como a companhia inicialmente estava trabalhando, e será capaz de oferecer uma “latência ultrabaixa” para os ouvintes. Já a Rodeo, por sua vez, foi projetada para funcionar com um servidor Wi-Fi existente no local sem a necessidade de instalar uma rede sobreposta.

“O sistema Rodeo reduz a tensão de rede, assim os pontos de acesso existentes ficam cientes do tráfego Mixhalo e planejam e armazenam os dados da rede em buffer”, explicou o CEO da Mixhalo, John Vars, ao site TechCrunch. “Se o local tiver um sistema Wi-Fi que date de 2015 para cá, é provável que tenha o hardware necessário para dar suporte ao Rodeo.”

publicidade
Expansão para os esportes

De acordo com Vars, o tempo inativo provocado pela pandemia de Covid-19 deu à Mixhalo a possibilidade de melhorar o software do app de shows e aprimorar as atualizações para este ano. Ao mesmo tempo, a tecnologia atraiu a atenção de franquias esportivas como o Sacramento Kings (basquete) e o Los Angeles FC (futebol). Já no final do ano passado, inclusive, o último anunciou planos para transmitir o áudio das partidas em tempo real para os smartphones dos torcedores, além de comentários jogada a jogada.

“Estas melhorias incluem o anúncio do Mixhalo Rodeo e do Mixhalo over Cellular, assim como a capacidade de ajustar dinamicamente a latência com base na posição física no local”, disse Vars. “Com esses novos recursos, percebemos o interesse de parceiros no mundo dos esportes e estamos animados para ver a Mixhalo decolar.”

Via Engadget

Imagem: Desi Mendoza/Unsplash/CC