Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O TikTok vem se mostrando grande rival para redes sociais como Instagram, Snapchat, e Facebook. Não coincidentemente essas plataformas foram rápidas em providenciar recursos similares para suas comunidades. O produto da ByteDance é baseado em vídeos virais curtos, e em breve deverá ganhar integração com outros apps em virtude das limitações que três minutos de conteúdo acabam impondo.

Hoje, o TikTok exibe, logo acima do nome do usuário e descrição de um vídeo, uma tag indicando o filtro utilizado para aquele conteúdo. As possibilidades daquele espaço serão ampliadas: a plataforma pretende trabalhar com os chamados TikTok Jumps, integração com apps de terceiros que venham a somar com alguns virais. Por exemplo, nem sempre o tempo curto permite que o criador de conteúdo inclua ingredientes e passo a passo completo de uma receita. A novidade vem para ajudar neste sentido — e em várias outras possibilidades.

publicidade
Conteúdo dinâmico sem instalação

Neste exemplo, a tag passaria a indicar o TikTok Jump de uma plataforma de receitas, apontando diretamente para a página específica daquele preparo. O usuário não precisaria baixar um app completo para isto: a ideia da função é justamente oferecer uma versão compacta em HTML5. Algo que a Apple já explora com os App Clips, e o Google com formatos dinâmicos de anúncios de jogos.

Por enquanto, o TikTok já conversa com apps que são mais conhecidos lá fora, como Whisk, Breathwrk, Wikipedia, Quizlet, StatMuse e Tabelog. A Wikipedia e o BuzzFeed também deverão participar dos TikTok Jumps. Em breve, devem estrear jumps do BuzzFeed, Jumprope, IRL e Watcha.

Além disso, as empresas que não foram convidadas diretamente também podem tentar o ingresso no programa: basta preencher um formulário mostrando como o seu produto poderia enriquecer a experiência dos criadores de conteúdo a partir de exemplos já disponíveis na plataforma.

Confira no vídeo abaixo, como usar o Whisk no TikTok.

publicidade

Via SlashGear