Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O Tamagotchi, bichinho virtual que encantou crianças e adultos na década de 1990, completa 25 anos em 2021 e, para celebrar a data, voltará ao mercado. E evoluído. A responsável pelo retorno do Tamagotchi é uma empresa chamada Bandai, que transformou o bichinho virtual em um smartwatch.

Batizado de Tamagotchi Smart, o acessório tem basicamente as mesmas funções do brinquedo que marcou uma geração. Ou seja: é possível interagir com seu “animalzinho” por comando de voz, e até fazer carinho ao tocar a tela. Além disso, o wearable também tem funções básicas de qualquer smartwatch, tais como contar os passos e, obviamente, mostrar as horas.

publicidade

O Tamagotchi Smart terá tela colorida (o bichinho virtual original era preto e branco) e poderá se conectar com amiguinhos, ou seja, outros Tamagotchis, de maneira wireless. A fabricante disponibilizou informações oficiais a respeito do brinquedo em um site e revelou que o tempo de carga sem a necessidade de plugar à energia chega a 30 horas.

Exclusivo para o Japão

A má notícia, pelo menos por enquanto, é que o lançamento do Tamagotchi Smart é exclusivo para o Japão. A Bandai começará as vendas no dia 23 de novembro, e os preços partirão de 7.480 ienes (R$ 340, na conversão direta) para disponibilizar o bichinho virtual aos pulsos carentes de um animalzinho de estimação.

Além disso, a empresa cobrará ainda 1.100 ienes (R$ 50) por chaves físicas, que poderão ser utilizadas para desbloquear conteúdos extras e incrementar o brinquedo. O Tamagotchi Smart também deverá ter a função de reproduzir música, mas nada avançado como Spotify ou YouTube Music. A ideia é que ele venha pré-carregado com uma seleção de temas infantis.

publicidade

Se o novo bichinho virtual se tornará uma febre tão grande quanto o original, ainda não dá para dizer, mas que a ideia de reviver um grande sucesso de quase duas décadas atrás parece interessante, não dá para negar. Aliás, empresas como a Apple, recentemente, também se mostraram nostálgicas, ao anunciar que planejam uma edição comemorativa do iPod, 20 anos após o lançamento do original.

Via The Verge