Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os fãs de MMORPG ganharam um motivo para comemorar hoje: após meses de espera, o Runescape Mobile finalmente deu as caras para a plataforma Android, e pode ser baixado na Play Store a partir de hoje. O jogo, que é a versão modernizada do clássico RPG de navegador da Jagex, o Old School Runescape, e estava prometido para as plataformas móveis desde 2018. Em pré-registro desde o final de abril deste ano, Runescape apareceu primeiro no iOS.

Embora já figurasse na nossa lista de sugestões de games multiplayer como um beta, foi apenas agora que o título recebeu o lançamento oficial no Android. Confira o trailer de anúncio do game abaixo:

publicidade

Mesmas aventuras do PC, porém mais instáveis

Exigindo pouco menos de 100 MB para instalação (e cerca de 4 GB livre para o download de arquivos temporários), a versão Android de Runescape apresenta as mesmas jornadas da versão de PC, porém com mais instabilidade. Só durante o tutorial, o jogo fechou sozinho quatro vezes, mesmo utilizando as configurações de economia de bateria. Alguns jogadores reclamaram sequer conseguir sair do tutorial, ou da tela de criação de personagem.

mundo principal do jogo

Imagem: Gabriel Daros/Vida Celular

Totalmente traduzido para o português (embora no teste que fiz, não troquei o idioma), o jogo te coloca na pele de um aventureiro que, após ser emboscado por trolls no mar, vai parar na cidade de Dalendale. É neste local que começam o tutorial, ensinando os comandos e ações básicas do jogo: pescar, cozinhar, falar com outros personagens, usar armas e subir de nível.

O principal ponto do jogo — a criação de um personagem que pode ser o que você quiser — está ali desde o começo. Quer viver uma vida pacífica como pescador ou lenhador, sem pensar em pegar em armas? É possível. Seu negócio é caçar monstros em aventuras perigosas atrás de tesouro? Runescape também tem isso. Aliás, a nova versão permite também regular o nível de dificuldade na criação do personagem.

publicidade
Menu de criação dos personagens

Imagem: Gabriel Daros/Vida Celular

Um ponto positivo para os fãs é que a versão Android do Runescape Mobile utiliza os mesmos servidores e logins da Jagex, então o jogador pode utilizar a mesma conta e continuar sua jornada, mesmo longe do computador. Os personagens possuem vozes locutadas e o sistema de progressão do jogo permanece o mesmo, o que sempre foi ponto forte da série, desde os tempos de Old School.

No entanto, a adaptação ainda sofre de outros problemas. Além da instabilidade de lançamento, Runescape Mobile possui problemas de interface, com menus com botões muito pequenos, sem possibilidade de redimensionamento. Os cliques e giros da cãmera são feitos todos com o toque na tela, o que, dependendo da estabilidade do servidor, nem sempre registra os comandos.

avisos do tutorial

Imagem: Gabriel Daros/Vida Celular

Em suma: Runescape, sem dúvida, continua sendo um jogo divertido, mas sua experiência no mobile pode ser insatisfatória se você estiver jogando pelo Android. Os desenvolvedores da Jagex estão tomando nota dos bugs registrados pelos usuários e trabalhando em atualizações para tornar a experiência mais estável. Ou seja, se você quer explorar o mundo com seus amigos, talvez tenha que esperar um pouco mais. Ou ir para a versão Old School do jogo.