Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A tecnologia TWS, que permite conectar, sem qualquer fio, uma caixa de som Bluetooth à outra, ampliando a potência e proporcionando um efeito estéreo (True Wireless Stereo), faz parte da nova linha lançada nesta terça-feira (08/06) pela Philips no Brasil. A empresa confirmou a chegada de três novos modelos (apenas dois deles com TWS), que tem produtos para todos os bolsos.

A tecnologia TWS, mais conhecida por sua utilização em fones de ouvido, leva efeitos bastante interessantes também quando aplicada às caixas de som Bluetooth. Assim como nos fones de ouvido, a tecnologia depende de um transmissor, um receptor “mestre” e um (ou mais) receptores “secundários”. E como funciona? simples.

publicidade

A primeira caixa de som Bluetooth recebe o sinal do transmissor, normalmente um smartphone, e passa a reproduzir o som. Ao ativar a função TWS (por meio de um botão) no receptor “mestre”, ele fica apto a replicar o sinal para um ou mais “secundários”, também após a ativação do botão. Além da Philips, empresas como JBL, Amvox e Multilaser também tem dispositivos preparados para funcionar com essa tecnologia.

Os modelos Philips
Imagem mostra os três modelos de caixa de som Bluetooth lançados pela Philips

A primeira nova caixa de som Bluetooth da marca, e também a mais acessível, é a TAS3505. Segundo a Philips, ela foi projetada para oferecer até 10 horas de música com uma única carga de bateria, e tem preço sugerido de R$ 449. Esta, no entanto, é a única que não pode ser pareada com outro dispositivo por meio da tecnologia TWS. A novidade começa a aparecer na linha intermediária, que é representada pela TAS5505, caixa de som Bluetooth que amplia em duas horas a autonomia, e já salta para R$ 899.

A terceira caixa de som Bluetooth anunciada pela empresa nesta terça é a TAS7505. Esta, de acordo com a Philips, aguenta até 20 horas de balada com uma única carga, além de ter mais potência do que as “irmãs” (30W, contra 20W da intermediária e 5W da de entrada). O preço, por conta disso, também é bem mais salgado, e parte de R$ 1.199.

Se a tecnologia TWS é exclusiva das linhas mais caras (intermediária e premium), uma outra funcionalidade presente em qualquer que seja a caixa de som Bluetooth apresentada hoje pela Philips é a resistência contra água e poeira. De acordo com a fabricante, os três novos modelos vêm com a classificação IPX7 (contra respingos), o que dá ao usuário a possibilidade de usar o equipamento tanto dentro quanto fora de casa.

publicidade

Bruno Morari, diretor de Marketing e Produtos da TPV, empresa que engloba as marcas Philips e AOC, ressaltou ainda que um outro diferencial dos novos produtos é o design. “Com essa nova linha, entramos no segmento de caixas Bluetooth, e isso é mais um passo importante para o reposicionamento da linha de áudio da Philips, que sempre garante ao consumidor seu compromisso com qualidade, tecnologia e design de seus dispositivos de áudio e vídeo”. Para comprar qualquer uma delas, basta visitar o site oficial da fabricante.