Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A tecnologia Wi-FI 6, que permite conexões mais rápidas e para mais pessoas ao mesmo tempo, está disponível para passageiros, clientes e funcionários do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. A terminal utilizará a tecnologia OpenRoaming para garantir a segurança dos usuários.

Em locais onde o fluxo de usuários é muito grande como shoppings, terminais rodoviários, aeroportos e estádios de futebol, conexões Wi-Fi mais antigas podem ser um problema. Além da segurança fragilizada, muitos dos roteadores comuns não suportam tantas pessoas conectadas ao mesmo tempo, causando lentidão.

publicidade

O Wi-FI 6 surgiu para solucionar estes problemas. Baseado no protocolo 802.11ax e contando com canais de até 160 MHz, ele permite conexões três vezes maiores que a de roteadores convencionais, disponibilizando bandas de 2,4 a 5G.

De acordo com a administração do Aeroporto de Guarulhos, o local utilizará a tecnologia OpenRoaming – desenvolvida pela Boingo em parceria com a Samsung. Com ela, os usuários do aeroporto não precisarão logar repetidas vezes em Wi-Fi Públicas, além de otimizar a experiência de compras nas lojas do espaço, que também utilizarão a tecnologia na conexão dos seus próprios sistemas.

Segundo a administração do Aeroporto de Guarulhos, a rede Wi-Fi 6 OpenRoaming terá acesso gratuito limitado em quatro horas, inclusive para dispositivos mais antigos, graças à compatibilidade retroativa da rede. De acordo com os fabricantes, o tempo é o suficiente para que passageiros possam se localizar ao ambiente sem se preocupar com conexões, podendo acessar aplicativos de transporte, acessos a internet banking entre outras tarefas que podem ser difíceis para alguém que é de fora e não possui um plano de operadora no país.

Imagem: JeShoots/Unsplash/CC

publicidade