Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os usuários da Mi Band 6, pulseira inteligente da Xiaomi, ganharam um novo recurso para o wearable nesta quarta-feira (19/05): o de poder responder mensagem de texto por meio do próprio acessório. A inovação faz parte do pacote de atualização do firmware para a versão 1.0.1.32, que chega acompanhada do Mi Fit v5.1.0, um app complementar que também precisará ser instalado.

As atualizações do Mi Fit estarão disponíveis na lojinhas do Google (Play Store) e da Apple (App Store), mas, a princípio, serão restritas aos usuários da Mi Band 6 que moram na China. A marca não confirmou se disponibilizará os recentes recursos para os outros mercados, mas, se levar em conta que a pulseira inteligente já vendeu mais de 1 milhão de unidades desde o seu lançamento, a tendência é que a atualização seja global em breve.

publicidade

Sobre a principal novidade anunciada, no entanto, a de responder a mensagens de texto, é importante frisar que o usuário precisará ter instalado na Mi Band 6 o app Notify for Mi Band. Ao abrir o aplicativo, basta seguir os seguintes passos: clicar em ‘botão’, na sequência em ‘respostas rápidas’ e pronto. Vale lembrar que o recurso, a princípio, conta somente com respostas prontas e, portanto, não editáveis. Além disso, só é possível responder ao último contato recebido, seja por e-mail, Telegram ou WhatsApp. Isso significa que, se você receber uma mensagem, deixar para responder mais tarde e, nesse intervalo, receber outra notificação, não terá mais como enviar uma resposta para a antiga.

Mais novidades

O recurso que dá aos usuários da Mi Band 6 (apenas na China, lembre-se) a chance de responder às mensagens de texto recebidas pelo próprio wearable não é o único presente na atualização do firmware. Segundo a Xiaomi, também foram corrigidos bugs e implementadas melhorias em alguns aplicativos, como as definições de metas de corrida ao ar livre.

Lançada no dia 29 de março deste ano, a pulseira inteligente da Xiaomi tem tela de 1,56 polegadas, AMOLED, sensível ao toque e com resolução de 152 x 486 pixels. Além disso, oferece um leque com 60 opções diferentes de personalização ao usuário, e exibe na tela informações interessantes, como ritmo de batimento cardíaco, número de passos dados no dia, e muito mais.

Por dentro do hardware, a principal novidade em relação às pulseiras inteligentes anteriores da marca é o sensor de oxímetro (SpO2), que apesar da sua presença na Mi Band 5 chinesa, não chegou à Mi Band 5 global. O rastreamento de atividades pode iniciar até seis atividades distintas automaticamente só pela movimentação de sensores no pulso do usuário.

publicidade

Além disso, ele conta com melhorias para o rastreamento de modos já lançados, como o de natação, além de novas atividades, como zumba e mesmo dança de rua. Ou seja: a partir de agora, você pode fechar aquela aula de zumba e, mesmo cansado, responder a uma mensagem de texto pela própria Mi Band 6 sem precisar pegar o smartphone com as mãos suadas.

Via GizmoChina