Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O processo da Epic Games contra a Apple por condutas anticompetitivas está rendendo alguns momentos bem curiosos, ou até mesmo engraçados, enquanto se desenrola num tribunal federal dos EUA. Na última sessão, um advogado da Apple resolveu atacar a Epic por disponibilizar o itch.io, outra plataforma para games indie, em sua loja de apps. Segundo o advogado, o itch.io possui “jogos adultos” que “são tão ofensivos que não podemos falar deles aqui”.

Um dos jogos citados pelo advogado, o Sisterly Lust, contém “uma lista de fetiches que inclui muitas palavras que não são apropriadas para falar num tribunal federal”, segundo ele. Era de se esperar que uma loja de games indies como i itch.io, que o The Verge já descreveu como “pequena e estranha”, tenha jogos que alguns podem considerar pouco convencionais. Afinal de contas, o itch.io é uma plataforma aberta onde qualquer pessoa pode publicar os jogos que desenvolve.

publicidade

Que os advogados da Apple tenham escavado o itch.io, uma plataforma totalmente independente da Epic Game Store com mais de 200 mil jogos, atrás dos games mais explícitos para usar contra a Epic é um tanto cômico. No Twitter, o pessoal do itch.io até fez piada. “Gente, os advogados da Apple acabaram de ligar, eles disseram que temos que derrubar TODOS os games. Games Agora São ILEGAIS”, eles escreveram.

Depois, a plataforma disse que vai renomear seu filtro de “conteúdo sensível” para “unspeakable games” (ou “jogos indizíveis”, em tradução livre), o termo que o advogado usou para os games explícitos do itch.io. Além disso, um usuário da plataforma está realizando a Unspeakable Jam, um concurso para desenvolvedores do itch.io criarem mais jogos “indizíveis”.

Apple ataca itch.io no processo com a Epic

Infelizmente para a Epic, a juíza Yvette Gonzalez Rogers parece ter levado a questão bem a sério. Rogers perguntou ao gerente da Epic Game Store Steven Allison se a alegação da Apple sobre o itch.io era verdade, se era possível acessar esse material ofensivo pela loja da Epic num celular. Allison tentou explicar que o itch.io é uma plataforma independente da Epic, e que a loja deles só está disponível para PC, não mobile.

Para esclarecer, no processo a Epic alega que a App Store tem conduta anticompetitiva por não permitir compras nos apps oferecidos, que foi o motivo para a Apple ter removido o jogo Fortnite de sua loja.

Via The Verge