Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Gen 5, mais novo smartwatch lançado pela Fossil, estava apresentando problemas para alguns proprietários do relógio inteligente após a atualização do Wear OS. A denúncia foi feita por alguns usuários do Reddit, com postagens de fotos e até de um vídeo demonstrando o bug do H-MR2, nome dado à mais recente versão do sistema Wear OS.

Segundo os relatos, uma mensagem de erro toma conta da tela do relógio inteligente da Fossil tão logo a mais recente versão do Wear OS é instalada. A partir de então, o smartwatch ficava inutilizável e sem qualquer funcionalidade acessível, muito menos as prometidas melhorias na vida útil da bateria e na adição de novos blocos, que chegariam com a atualização do sistema.

publicidade
Resolução do problema

Após receber diversas reclamações, a Fossil paralisou a atualização do Wear OS por alguns dias e só a liberou novamente no início de maio. Antes, porém, a empresa chegou a orientar os usuários que relataram o problema a redefinir o smartwatch para as configurações de fábrica e, assim, tentar sanar o problema.

Imagem mostra erro na tela do Fossil Gen 5, que acontece após atualização

Reprodução/Reddit

De acordo com os relatos do Reddit, os problemas persistiram para alguns usuários, pelo menos até a nova liberação do patch de atualização para o Fossil Gen 5. Agora, de acordo com a fabricante, a atualização do Wear OS e do patch de segurança está sendo feita sem problemas, inclusive para quem já tinha o H-MR2 instalado e não atendeu a recomendação inicial de voltar para a configuração de fábrica.

O Gen 5 está anunciado no site brasileiro da Fossil, mas não aparece disponível para venda nesse momento, pois teve seu estoque esgotado. A versão anterior do relógio inteligente da marca, o Fossil Generation 4 Prata, por sua vez, segue sendo comercializado na página da empresa, mas por um preço nada convidativo: R$ 2.999. Entre as atrações da variante LTE, disponível nos Estados Unidos, está a possibilidade do número compartilhado, ou seja, de fazer uma chamada telefônica sem a necessidade de um telefone celular por perto.

Via Android Central

publicidade