Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Spotify planeja dar uma repaginada na seção “Sua Biblioteca”, com novo layout, filtros e classificações para facilitar encontrar o que você realmente quer ouvir no catálogo do aplicativo. A atualização também vai unir músicas e podcasts na mesma interface dinâmica. Segundo o SlashGear, o Spotify deve implementar as mudanças tanto para iOS como Android dentro de algumas semanas.

As novas opções do Spotify vão permitir classificar seus áudios por tocados recentemente, ordem alfabética ou nome do criador. Outra opção será classificar seus áudios por downloads, assim as coisas que você baixou serão mais fáceis de acessar quando você estiver offline.

publicidade

Outra novidade: será possível fixar manualmente até quatro playlists, álbuns ou podcasts no topo do Sua Biblioteca. Antes o Spotify colocava automaticamente playlists e álbuns mais tocados no topo da seção, mas agora o usuário poderá fixar os conteúdos da sua escolha simplesmente os arrastando para a direita.

E parece que o Spotify também está tentando implementar uma experiência mais visual para o aplicativo. Uma visualização em grade para os conteúdos também deve ser introduzida, com a arte dos álbuns, playlists e podcasts ganhando blocos clicáveis maiores. Como o Spotify afirma, a nova grade deve facilitar navegar pela Sua Biblioteca mesmo na pressa do dia a dia.

A unificação de músicas e podcasts vem na esteira da notícia de que o Spotify está lançando assinaturas de podcasts através do Anchor, plataforma adquirida recentemente pela companhia.

Mas, como muitas vezes acontece nos tempos atuais, nem tudo são flores. Um pouco antes dessa atualização, o Spotify também anunciou no começo da semana que as versões Premium, necessárias para baixar conteúdo, vão passar por um reajuste de 30% no Brasil. Os aumentos no valor de assinatura do app de streaming passam a valer amanhã, 30 de abril.

publicidade

Imagem: Burst/Pexels