Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Uma pequena companhia de Boston (EUA) chamada Neurable desenvolveu um headphone capaz de identificar ondas cerebrais do usuário. O projeto é um desdobramento da pesquisa de PhD de Ramses Alcaide sobre interfaces cérebro-computador, realizada enquanto estava na Universidade de Michigan.

Headphone Enten

Headphone Enten (Divulgação/Neurable)

Chamado de Enten, que significa entender em espanhol, o headphone conta com um aro de sensores que circunda os encaixes de ouvido do aparelho. Esses sensores captam sinais elétricos da atividade cerebral e identificam padrões de concentração ou falta de foco.

publicidade

Ao identificar que o usuário está desconcentrado, o fone aumenta o nível de seu sistema de cancelamento de ruído externo para ajudar seu dono a se concentrar. Além disso, o produto também pode sugerir músicas que não atrapalhem a concentração e mantenham a produtividade. O app do headphone também mantém um controle dos momentos do dia em que o usuário é mais concentrado e aqueles em que precisa de um descanso.

Futuro dos leitores do cérebro

Por enquanto, a Neurable ainda está trabalhando em um protótipo de seu headphone capaz de ler ondas cerebrais. Os consumidores que já compraram o aparelho na pré-venda devem recebê-lo a partir do ano que vem. Mas, esse não parece ser o único foco da empresa de Ramses Alcaide.

A companhia de Boston está negociando com outras desenvolvedoras de hardwares a possibilidade de licenciar sua tecnologia de leitura de ondas cerebrais para outros dispositivos. Também está buscando parceria com empresas de tecnologia voltadas para a saúde e bem-estar, para que sua ferramenta possa ajudar em processos como reduzir a ansiedade ou outros.

Via Fast Company

publicidade