Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Facebook testa há algum tempo a implementação de um recurso de mensagens que autodestroem no Whatsapp. A ferramenta, batizada de Ver Uma Vez, seria similar ao envio de imagens privadas do Instagram Direct, em que o usuário pode escolher se deseja que o conteúdo possa ser reproduzido ou não. No entanto, testes feitos por usuários WABetainfo indicam que o recurso pode não ser tão seguro quanto se imagina. Mesmo limitando a repetição daquilo que se é exibido, os usuários seriam capazes de filmar ou capturar imagens da tela.

De acordo com os usuários do fórum especializado no aplicativo de mensagens do Facebook, em testes realizados em versões Beta do Whatsapp, o recurso se mostrou instável. O conteúdo compartilhado, que em tese não é salvo no dispositivo de quem o recebeu, foi facilmente capturado por recursos de fora do aplicativo como a ferramenta de captura e gravação de tela do Android.  Diferentemente do Instagram, que avisa o usuário se uma captura de tela foi feita no chat, o recurso não informou aos usuários sobre as cópias. Resta saber se o Whatsapp consertará esta falha até o lançamento, uma vez que a limitação de capturas de telas é um recurso simples e relativamente presente em muitos e aplicativos e navegadores.  Na dúvida, vale tomar cuidado com o material enviado.

publicidade

publicidade

Como funciona

Aparentemente, o usuário terá uma espécie de navegação privada, em que as mensagens não podem ser compartilhadas para outros usuários ou grupos de Whatsapp. As  mensagens devem desaparecer quando o usuário deixa o chat. Apesar disso, não está claro o quanto tempo este conteúdo ficará disponível na conversa, podendo haver alguma limitação parecida com os Stories, cuja exibição expira após 24 horas. No caso dos chats do Instagram, por exemplo, os usuários também conseguem escolher as imagens serão reproduzidas mais de uma vez, mas com limitações. Nestes casos, se o usuário repete a exibição do conteúdo, aquele que enviou a mensagem também é informado sobre a repetição.

Na captura de tela divulgada pelo WABetainfo é possível enxergar um número 1 ao lado do conteúdo compartilhado e um aviso de que o limite de vezes que a mensagem poderia ser exibida foi atingido. Ainda de acordo com o fórum, as mensagens que autodestroem do WhatsApp poderão ser tanto mensagens de áudio, vídeo, quanto imagens compartilhadas. Não há precisão para a chegada desta atualização no app e novas informações sobre o recurso devem surgir em breve.

Via Tech Radar

Imagem: Christian Wiediger/Unsplash/CC