Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Instagram anunciou que vai lançar um filtro para ajudar a reprimir DMs abusivas. A rede social tem intensificado suas medidas de segurança para evitar mensagens de ódio e abuso na plataforma e, no início do mês, a rede social anunciou novos algoritmos e aprendizado de máquina que permitem ao usuário ocultar comentários ofensivos.

Segundo divulgado pelo Instagram, é difícil para a rede social filtrar e controlar o conteúdo das DMs, uma vez que as mensagens são particulares e a política de privacidade não permite monitorar ativamente esse tipo de conversa. No entanto, o filtro poderá identificar palavras ofensivas e bloquear as DMs antes de elas chegarem ao usuário.

publicidade

A medida irá focar, principalmente, as solicitações de DM, uma vez que a maioria das mensagens ofensivas tendem a ser enviadas por pessoas desconhecidas e que não fazem parte da rede do usuário.

Filtro personalizado

O Instagram também permitirá aos usuários a criação de listas com os termos a serem filtrados do que eles não querem ver. Dessa forma, sempre que chegar uma DM com algum desses termos, a mensagem irá para uma pasta à parte, que poderá ser acessada pelo usuário. As palavras ofensivas ficarão ocultas até que o usuário decida exibi-las.

Outro ponto importante é que o Instagram vai impedir que usuários bloqueados criem novas contas com a intenção de continuar ofendendo e abusando de outras pessoas.

Os novos recursos devem ser disponibilizados para todos os usuários de todo o mundo nas próximas semanas e poderão ser ativados e desativados pelo usuário nas configurações de privacidade, em uma seção chamada Palavras Escondidas.

publicidade

Via Phone Arena e Instagram

Imagem: William Fortunato/Pexels/CC