Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple pode estar planejando o fim do notch no iPhone. O entalhe, que já foi bastante criticado na época do X, foi primeiro adotado por outros fabricantes, mas hoje se tornou uma marca quase nostálgica nos modelos da marca. Seu fim ainda não está exatamente próximo. Segundo o analista Ming-Chi Kuo, conhecido por revelar informações sobre a gigante, o iPhone 15, esperado para 2023, deve vir sem a interferência na tela.

Além da câmera frontal e do auto-falante de ligações, o notch possui o sensor TrueDepth, responsável pelo Face ID, sendo capaz de analisar 30.000 pontos no rosto do usuário para fazer o desbloqueio da tela de forma segura. O método é considerado muito mais eficiente do que o Face Unlock disponível em alguns modelos Android, já que faz uma imagem em 3D do rosto e não apenas uma foto.

publicidade

O fato é que a Apple está desenvolvendo uma forma de colocar o TrueDepth embaixo da tela, um dos últimos empecilhos para a remoção do notch no iPhone. Isso ainda não está totalmente pronto, mas a expectativa é de o desenvolvimento da tecnologia seja concluído justamente até a geração 15, que pode vir sem o entalho.

É estranho especular sobre um lançamento ainda tão distante, mas o histórico de acertos do Ming-Chi Kuo faz com que isso não possa ser ignorado. Claro, o fato de o sensor estar sob a tela não garante o fim do entalho, já que também existe a câmera ali. Mas a partir do momento que a Apple é capaz de instalar o TrueDepth embaixo do display, isso também pode ser possível com o sensor de fotos.

Lembrando que a Apple com o iPhone é uma das poucas fabricantes que ainda mantém um notch tão ressaltado. A sua principal rival, Samsung, deixa apenas um buraco para o sensor de selfie em seus smartphones, assim como a maioria das outras empresas. No entanto, ainda não há uma tecnologia de câmera sob a tela satisfatória. O ZTE Axon 20 5G foi o primeiro modelo a chegar no mercado com o recurso, mas a qualidade das imagens registradas com a lente foi bastante criticada.

Via Phone Arena

publicidade