Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois da confusão da semana passada envolvendo tuítes de contas oficiais da Amazon atacando críticos conhecidos da companhia, agora várias contas de supostos funcionários de armazéns da gigante de e-commerce estão pipocando no Twitter. E o próprio Twitter está confuso sobre o que fazer com esses perfis fake relacionados com a Amazon, se se tratam de contas reais mesmo, contas de paródia ou trolls sem mais o que fazer.

Como a Motherboard relatou, tudo começou em 2019, quando a Amazon realmente lançou contas de “embaixadores”, que visavam defender a companhia das críticas sobre as condições precárias de trabalho em seus armazéns. Esses perfis, que começavam com @AmazonFC, viraram meme, com pessoas aleatórias criando contas do tipo para tirar sarro da tentativa da Amazon de limpar a própria barra. Com o tempo, a piada foi esquecida.

publicidade

Mas agora, enquanto cerca de 6 mil trabalhadores de um armazém da Amazon no Alabama estão prestes a votar se se sindicalizam ou não, as contas @AmazonFC voltaram. Esses perfis foram criados recentemente, e alguns não parecem se tratar de paródia.

publicidade

Um perfil supostamente pertence a uma mãe de dois filhos, que adora filmes e trabalha na Amazon desde 2020. Outro usuário @AmazonFC tuitou: “Oi. Sou um ser humano real. Estou na Amazon há quase seis anos como associado e posso dizer com segurança que nunca senti que trabalhar aqui é ruim para mim. A Amazon me ofereceu MUITAS oportunidades de crescer!”

A comediante Kylie Brakeman até fez um vídeo sobre a situação, relembrando os casos em que trabalhadores da Amazon tiveram que urinar em garrafas para não serem punidos por fazer muitas pausas para ir ao banheiro:

O Twitter respondeu suspendendo perfis supostamente fake da Amazon, mas segundo a rede social, as contas podem ser restauradas se provarem que são de pessoas reais ou de paródia mesmo.

Via Vice

Imagem: Bryan Angelo / Unsplash