Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Motorola está aproveitando os últimos dias para soltar informações e lançar novos smartphones, principalmente da linha Moto G, que viu o lançamento dos Moto G10 e G30, além do mais potente Moto G100. Com isso, as notícias sobre produtos da marca não param e agora não é diferente, já que o Moto G60 acaba de ser homologado pela Anatel.

Embora, na verdade, o Moto G60, sob o codinome XT2135-1, tenha sido homologado no dia 17 de março, a certificação aparentemente entrou só hoje (26/03) no sistema da Agência Nacional de Telecomunicações. E obviamente isso significa que seu lançamento no Brasil se aproxima, de alguma forma. Ainda é cedo para tentar prever alguma data, entretanto.

publicidade

Por aqui, as homologações normalmente nada dizem sobre as especificações técnicas do aparelho homologado. Uma das poucas coisas reveladas pela certificação é o fato do celular vir com o carregador na caixa. No entanto, várias informações relativamente confiáveis sobre suas características vêm circulando nas redes há algum tempo.

Dúvidas e certezas

Assim, o recém homologado Moto G60, que será um dispositivo intermediário, mas acima dos intermediários normais, provavelmente terá uma tela Full HD+ de 6,78 polegadas, com taxa de atualização de tela de 120Hz. Em relação à memória, espera-se que ele tenha 128 GB de armazenamento interno e versões com 4 GB ou 6 GB de memória RAM. Não se sabe qual o máximo de armazenamento externo suportado pelo smartphone.

Do mesmo modo, não sabemos também qual processador integraria o celular. O mais potente dos Moto G até agora, o Moto G100, foi o primeiro a vir com um Snapdragon da linha 800. Pode ser que o SoC (sistema em um chip) do G60, então, use um processador um pouco menos potente, mas com potência o suficiente para não destoar da estratégia recente da Motorola para a linha.

Para fechar as especificações obtidas pelos vazamentos, o Moto G60 terá três câmeras na parte traseira: a principal com 108 MP, outra com 16 MP e a última com 2 MP. Essas duas últimas câmeras seriam, respectivamente, do tipo ultrawide e macro. A câmera frontal, por sua vez, terá 32 MP. Além disso, espera-se que a bateria do smartphone seja de 6000 mAh, que tem se tornado um valor comum ultimamente.

publicidade

Imagem: Wilkernet/Pixabay/CC