Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A startup da Califórnia dona do app Paceline, voltado para a área fitness, fez uma parceria com o Railsbank e está lançando um cartão de crédito para incentivar a prática de esportes. Entre as recompensas pelo trabalho árduo que os usuários fizerem seus exercícios físicos e cuidados com a saúde, eles poderão receber valores em dinheiro.

O app funciona oferecendo metas de condicionamento físico e recompensas financeiras em um ecossistema integrado. Atividades que vão desde jogos esportivos até subir escadas são válidas para o registro dos minutos que serão somados. Podem ser passeios pela vizinhança, passeios com cães, corridas de maratona ou qualquer exercício para resultar em recompensas. Ao ser atingida a meta de 150 minutos, a pessoa é recompensada.

publicidade

No final do ano passado, a Paceline recebeu um investimento de US$ 5 milhões co-liderado pela Montage Ventures e Propel Venture Partners, o que permitiu a expansão de sua plataforma de incentivos aos exercícios físicos. A ideia do cartão de crédito da Paceline é somar ao app fitness e, a partir do uso em compras nas categorias Nutrir, Mover-se, Recuperar e Comemorar, a pessoa poder recuperar o valor. Dessa forma, ela pode reinvestir e celebrar seu estilo de vida saudável.

As recompensas aumentam conforme a continuidade da pessoa atingindo a meta por semanas ou meses. Ela pode ser recompensada com produtos de diversas empresas de alto nível, incluindo Amazon, Nike e Starbucks.

Um café depois da pedalada

Por falar em Starbucks, a ideia da Paceline veio quando o CEO Joel Leininger, após um exercício de bicicleta (paceline é também uma tática usada por ciclistas para melhorar a aerodinâmica e aumentar a velocidade), pensar em como conseguir um café grátis, depois de uma atividade tão exigente. Leininger tinha ideia de que as seguradoras de saúde tinham programas de bem-estar que recompensavam seus clientes. Foi então que iniciou seu projeto de app, baseado nesse conceito.

Em 2020, ano de seu lançamento, os usuários do Paceline registraram 5 bilhões de minutos em mais de 3 milhões de exercícios, sendo mais de 133 mil recompensas reivindicadas. Dentre os principais treinos registrados, estão caminhadas, corridas e, na liderança, ciclismo. As recompensas do app fitness da Paceline foram reivindicadas por meio da vinculação do cartão de crédito ou débito dos usuários à ferramenta.

publicidade

A empresa informa que todos os dados pessoais de saúde e financeiros dos usuários permanecem privados e que não vende as informações a terceiros. Para rastrear os exercícios, a Paceline usa os dados do Apple HealthKit. O app pode ser baixado na App Store e pode se conectar ao Apple Watch, aos relógios Garmin fitness e aos relógios Fitbit para monitorar os exercícios diários.

Via Digital Trends