Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após denúncias de entidades europeias ligadas à veiculação midiática de produtos de entretenimento, a organização de combate ao crime na União Europeia, a Eurojust, iniciou uma operação contra o Mobdro. Três suspeitos de envolvimento com o app pirata foram presos na Espanha e em Andorra e os servidores em alguns países foram derrubados.

Similar aos aplicativos Popcorn Time, Showbox e outros, o Mobdro oferecia acesso a séries, filmes e canais de TV com programas de entretenimento e esportes. Devido ao seu acesso a inúmeras plataformas, o app pirata cresceu em popularidade na Europa. Isso chamou a atenção de entidades como a Premiere League e a Alliance for Creativity and Entertainment, que fizeram a denúncia.

publicidade

Para por um fim nas atividades ilegais do aplicativo, a Eurojust mobilizou uma ação que derrubou servidores em Portugal, Espanha e República Tcheca. Nessa operação, um suspeito foi preso e outros três foram levados em custódia para serem interrogados.

A investigação que levou os envolvidos com o app pirata presos, também apontou que o Mobdro utilizava domínios primários para acessar o conteúdo de outros streamings legais e redistribuir para seus servidores. Em seguida, o material era divulgado na plataforma do aplicativo. A ação da Eurojust chegou a derrubar os servidores ilegais, assim o Mobdro está inacessível em muitos países e isso pode abrir caminho para que os concorrentes cresçam.

Mas, a utilização de aplicativos ilegais para consumir conteúdo de streaming não é o único meio de burlar o capitalismo. Outra prática recorrente é o “empréstimo” de senhas. Usuários que pagam pelo serviço, costumam ajudar amigos ou familiares passando sua senha para que vejam aquele filme esperado ou uma série que está bombando. Contudo, a Netflix também está se armando para acabar com essa prática.

Via Tech Radar

publicidade

Imagem: Mateus Dach/Pexels/CC