Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os usuários do Twitter na Rússia viram a velocidade de conexão da rede social cair drasticamente nesta quarta-feira (10/03). Isto aconteceu porque o Roskomnadzor, departamento de supervisão de comunicações do Kremlin, anunciou que vai restringir as conexões da plataforma no país.

O anúncio é feito semanas após o Twitter ser notificado para a  retirada de vídeos, imagens e publicações considerados indevidos pelo governo da Rússia. De acordo com o governo russo, a plataforma não teria se esforçado para excluir milhares de publicações envolvendo suicídio, uso de drogas e pedofilia feitos por usuários desde 2017.

publicidade

O Twitter, por outro lado, nega a acusação e considera a decisão política, uma vez que a rede social é a principal ferramenta de divulgação dos pensamentos de Alexei Navalny, o principal opositor de Vladimir Putin na Rússia.

De acordo com o Roskomnadzor, a queda na velocidade de conexão do Twitter atingirá todos os smartphones do país e aproximadamente 50% dos dispositivos não mobile em todo o território da Rússia.

Em nota oficial, no seu site, o departamento de segurança declara que “se (o Twitter) continuar a ignorar os requisitos da lei, as medidas de fiscalização continuarão de acordo com os regulamentos de resposta (até o bloqueio)”. Apesar do ocorrido, o Twitter não se manifestou publicamente sobre o caso até o momento

Tolerância zero

O Twitter não é a única plataforma que tem sofrido perseguição dos órgãos da Rússia, Além da rede de microblogs, outras Big Techs como o Google, Facebook e TikTok estão sendo processadas por autoridades legais sob a alegação de que eles não teriam contido publicações convocando jovens menores de idade ao comparecimento em protestos.

publicidade

No início de março, inclusive, a rede social local Odnoklassniki, da desenvolvedora Mail.ru foi multada em 4 milhões de rublos, aproximadamente R$ 3,1 milhões pela mesma alegação.

Via Gadgets 360
Imagem: jauntandjoy/Unsplash