Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Em tempos nos quais videoconferências se tornaram uma necessidade, Google e Zoom já providenciaram ferramentas de acessibilidade para transcrever as reuniões virtuais em texto corrido. A próxima a dar um passo parecido é a Microsoft com o Group Transcribe, mas nesse caso nas ainda necessárias reuniões presenciais.

Para além da acessibilidade que o texto promove — ao incluir pessoas mudas, por exemplo — o Microsoft Group Transcribe torna a comunicação ainda mais universal ao permitir que, em tempo real, pessoas de diferentes idiomas se entendam. Isso acontece porque o app — que precisa ser iniciado por uma única pessoa — pode ser pareado com a aplicação em outros aparelhos dos convidados. A partir daí, começa a transcrição em tempo real das falas em todos os microfones disponíveis na sala, mas cada usuário pode configurar um idioma para receber o texto traduzido, ou deixar que o software mesmo determine isso a partir da linguagem que ele detectou nas suas frases.

publicidade

Claro, o Microsoft Group Transcribe tem uma poderosa inteligência artificial na sua raiz, voltada para a compreensão de áudio. O Google recentemente também mostrou que suas IAs de fala estão afiadas ao apresentar o codec Lyra. Mas nesse caso, a proposta da tecnologia é tornar a comunicação mais universal e acessível, e não necessariamente mais leve para o smartphone. Quem está preocupado com privacidade, a boa notícia é que o app guarda as transcrições localmente. Mesmo assim, os áudios passam pelos servidores da Microsoft, devido ao processo de conversão para texto, mas são anonimizados no processo, e não são guardados na nuvem.

O usuário que quiser ajudar no aprimoramento da ferramenta poderá submeter informações de forma igualmente anônima para o Group Transcribe, disponível exclusivamente como um experimento do laboratório Microsoft Garage para iOS. A descrição do app indica que é necessário estar pelo menos na versão 12.0 do sistema, e a boa notícia é que o português aparece como idioma disponível.

Imagem: fauxels/Pexels

publicidade