Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A LogMeIn anunciou que seu gerenciador de senhas LastPass irá limitar as funções da versão gratuita a partir do dia 16 de março. Desta data em diante, os usuários não pagantes terão que escolher entre usar o LastPass exclusivamente em seus computadores ou dispositivos móveis (smartphones, tablets e smartwatches). Nunca de forma simultânea.

O usuário será obrigado a definir sua categoria preferencial logo no primeiro login a partir do dia 16. Na primeira categoria (computadores), a administração fica restrita a desktops e laptops (Windows, macOS, Linux), extensões de navegadores (Chrome, Firefox, Safari) e tablets com Windows. Na segunda (dispositivos móveis), o usuário poderá gerenciar suas senhas nos celulares iOS e Android, smartwatches e tablets com iOS e Android.

publicidade

Nota o que há de estranho aqui? Qual é o propósito de um app de guardar senhas que só funciona em metade das coisas que você precisa? Ninguém usa mais só um aparelho. Usuários entenderam que o Lastpass limitar funções a um aparelho é uma forma de forçá-los a comprar a versão premium.

A empresa se pronuncia

“Adoramos fazer parte das rotinas de segurança de mais de 20 milhões de usuários no mundo”, diz o comunicado oficial da empresa, sobre os cortes na versão gratuita. “À medida que nossa comunidade de usuários continua a crescer, precisamos adaptar nossas ofertas para acompanhar o mundo digital em constante evolução. Com isso, temos algumas mudanças em nossa oferta LastPass Free.”

Como o backup das palavras-chave é realizado na nuvem, o usuário não vai perder suas senhas, mesmo se for desconectado de alguns dispositivos no processo. A partir do dia 17 de maio, o LastPass também vai limitar as funções de suporte por e-mail aos planos Premium e Families. Com isso, os assinantes do pacote gratuito só poderão obter ajuda no centro de suporte e no fórum da plataforma.

Com o LastPass limitando funções provavelmente vitais na versão grátis, a empresa tem oferecido descontos para amealhar usuários nos pacotes pagos. Por exemplo, os assinantes que fizerem upgrade antes da mudança têm direito a 25% de desconto em seu primeiro ano com o pacote Premium. Atualmente, o plano Premium custa US$ 3 (R$ 16 em conversão direta) por mês; o plano Família sai por US$ 4 mensais (em torno de R$ 21,50).

publicidade

Via Android Police

Imagem: Neobrand/Unsplash/CC