Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple sempre foi criteriosa com os apps aprovados na App Store, mas recentemente alguns golpes em serviços de assinaturas foram revelados. Agora, a gigante deve começar a pegar pesado com esse tipo de app.

Basicamente um relatório revelou que estão surgindo apps que cobram preços de assinaturas completamente irracionais na loja da Apple. Para conseguirem um ranqueamento bom e aparecerem nos resultados de pesquisa, esses golpistas usam avaliações positivas falsas.

publicidade
Apps da App Store

Imagem ilustrativa de apps da App Store (Divulgação: Apple)

As boas notas dos supostos usuários fazem com que os fiscais da App Store acreditem que tudo está bem com o aplicativo e mantém ele liberado, mas isso deve mudar agora com uma regra mais clara da Apple em relação ao preços das assinaturas cobradas.

Mais rigor

Um desenvolvedor compartilhou um e-mail que recebeu da empresa explicando o motivo de seu app ter sido recusado na plataforma. O texto é claro a citar que os preços cobrados “não refletem o valor dos recursos e do conteúdo oferecidos ao usuário”, diz um trecho do texto. “Cobrar preços irracionalmente altos por conteúdo ou serviços com valor limitado é uma fraude para os clientes e não é apropriado para a App Store”, completa ainda a mensagem.

Outro trecho ainda diz que a Apple “não distribuirá aplicativos e itens de compra no aplicativo que sejam claramente roubados”. O e-mail ainda orienta os desenvolvedores a corrigirem os problemas o app para que ele possa ser aprovado.

A regra da Apple referente a preços e assinaturas não é nova, ela está presente desde os primórdios da App Store, mas até então não era aplicada em comunicados dessa forma.

Em um comunicado para o 9to5Mac, a Apple disse que esta política é parte de seu compromisso em manter a App Store um lugar seguro para os usuários. A nota acrescentou ainda que os revisores rejeitam aplicativos que enganam os usuários via assinaturas e/ou preços abusivos.

Via 9to5Mac