AcessóriosNovo Garmin Enduro tem bateria para durar e preço nas alturas

Gabriel Daros2 semanas atrás4 min

A Garmin lançou um novo smartwatch para aventureiros que não tem medo do perigo (inclusive o perigo de cair no vermelho). O Enduro, como é chamado o novo periférico, basicamente um redesign do Garmin Fenix 6, mas com ênfase em performance esportiva.

O Garmin Enduro aguenta até 70 horas de rastreamento via GPS, tem bateria para, no mínimo, 50 dias de uso, e modo de economia de energia que dura até 130 dias. O visor do relógio possui o carregador solar Power Glass, e se ativar este modo, o smartwatch segura o GPS por 80 horas, 64 dias de atividade ininterrupta, e até um ano em modo de energia. Os aparelhos estão disponíveis nas cores cinza claro e escuro, respectivamente, e podem ser adquiridos no site da empresa.

A versão mais barata desse ultravestível, que é o modelo com straps de nylon flexível e corpo de aço, custa US$ 799 (R$ 4.291, sem diferenças de impostos). Já o modelo de titânio do novo Garmin Enduro custa US$ 899 (R$ 4.828). Para ser realista, o Garmin PX Delta Aviator, que custa US$ 1.099, chega aqui por mais de R$ 13 mil – espere, assim algo acim ade R$ 10 mil, o que coloca o smartwatch de esporte na faixa de luxo.

Para tentar justificar esse preço, o novo Garmin Enduro possui medidores específicos para o desempenho esportivo, avaliando métricas específicas para corrida (com o modo UltraRun), natação e surfe até os mais extremos, como alpinismo, ski e mountain bike. O aparelho é capaz de medir elevação, acompanha o V02 do usuário, calcula tempos de descanso entre séries e até sugere quando você deve parar.

O smartwatch também age como todas as funções básicas de um smartwatch, como a de exibir notificações, pagamento por aproximação e monitoramento de sono. Agora, resta saber se o preço vale os 50 dias sem carregar ou não.

Via TechRadar