Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Robinhood vive climas tensos após os últimos acontecimentos relacionados à insatisfação de muitos usuários do seu app. Recentemente, publicamos que manifestantes chegaram a serrar uma estátua na propriedade da empresa e a jogar fezes de cachorro no prédio. A intensidade da revolta tem alcançado níveis de ameaças de morte a Vlad Tenev, CEO da Robinhood.

Conforme trazem informações da agência Bloomberg, Tenev tem evitado voltar para sua casa, em um movimento para garantir sua segurança. O CEO da Robinhood escolheu se refugiar em um hotel para tentar fugir de clientes mais furiosos que ameaçam sua vida.

publicidade
Audiência virtual na próxima quinta-feira

Furiosa (mas não a ponto de ameaçar de morte) também está parte dos legisladores que encontrarão o CEO da Robinhood na quinta-feira, 18/02, em uma audiência a respeito dos últimos ocorridos. Um desses congressistas é a democrata Alexandria Ocasio-Cortez, que chegou inclusive a se manifestar em rede social afirmando ser inaceitável a decisão da Robinhood de bloquear seus usuários para compra de ações. Uma das postagens de Ocasio-Cortez nesse sentido teve mais de meio milhão de curtidas e milhares de comentários favoráveis à insatisfação da congressista.

Tenev participará de uma audiência virtual perante o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Estados Unidos. Entre os questionamentos dos legisladores, possivelmente haverá perguntas sobre como a Robinhood tem lidado com o caos recente do qual é protagonista. Em postagens recentes, o perfil oficial da empresa no Twitter vem tentando manter sua imagem de ser a favor de minorias e da democratização das finanças. Porém, os comentários são em boa parte contrários ao discurso do app.

Até o momento, Tenev não conseguiu acalmar os ânimos dos revoltados mais exaltados, que inclusive têm mantido o grau de insatisfação nas redes. O CEO da Robinhood permanece sendo um dos principais alvos de manifestações e ameaças, que chegam a ele também por e-mail. Nas mensagens, reclamações mais agudas sobre as restrições que o app aplicou em suas negociações e acusações de direcionamento do mercado em benefício de alguns.

Via Business Insider

Imagem: Grafissimo / iStock