Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um porta-voz da Lucasfilm anunciou que Gina Carano não faz mais parte do elenco de The Mandalorian. O anúncio veio após uma intensa movimentação nas redes sociais contrárias às postagens da atriz, apontadas como, entre outras coisas, repletas de teorias da conspiração.

A gota d’água, entretanto, parece ter sido uma recente postagem de Gina no Instagram, onde ela comparou os republicanos modernos com os judeus durante o Holocausto. O conteúdo da postagem, que antes de ser excluída foi capturada por seguidores, era acompanhado de uma imagem de 1941, com homens e mulheres judeus massacrados em Lvov, e dizia o seguinte:

publicidade

“Os judeus foram espancados nas ruas, não por soldados nazistas, mas por seus vizinhos … até mesmo por crianças. Como a história é editada, a maioria das pessoas hoje não percebe que, para chegar ao ponto em que soldados nazistas poderiam facilmente prender milhares de judeus, o governo primeiro fez com que seus próprios vizinhos os odiassem simplesmente por serem judeus. Como isso é diferente de odiar alguém por suas opiniões políticas”.

Na opinião de muitas pessoas, inclusive registrada no próprio contexto do comunicado feito pela Lucasfilm, “[…] suas postagens nas redes sociais difamando as pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são repugnantes e inaceitáveis”.

Postagens da atriz também alegavam fraude nas eleições americanas

Aparentemente, para Gina ser demitida do elenco de The Mandalorian, houve uma série de postagens mal vistas pelo público. Entre os casos recentes, a ex-lutadora de MMA zombou do uso de máscaras contra a Covid-19 e fez coro aos trumpistas, dizendo que houve fraude nas eleições americanas em 2020.

The Mandalorian estreou na Disney Plus em novembro de 2019 e ajudou a impulsionar o serviço de streaming para números impressionantes de assinaturas. Cara Dune, vivida pela atriz, se tornou uma das personagens favoritas do público. Porém, suas postagens, muitas delas no Twitter, também a tornaram uma questão controversa entre os fãs de Star Wars.

publicidade

De acordo com fontes, a Lucasfilm planejava ter Gina Carano como protagonista de sua própria série Disney Plus, mas desistiu dos planos após seus tweets de novembro. Além disso, vários spinoffs de The Mandalorian estão em andamento, incluindo Rangers of the New Republic, que poderiam ter a atriz como uma das personagens principais.

Nas últimas horas, tem havido manifestações a favor da atriz nas redes sociais, muitas delas ligando a demissão a atos de censura. Entretanto, a situação está mais complicada do que parece para a moça. Gina foi demitida do elenco de The Mandalorian e também está desligada da UTA, uma agência que representa artistas e outros profissionais da indústria do entretenimento nos Estados Unidos.

Via Hollywood Reporter e Sputnik

Imagem: nzphotonz / iStock