NotíciasCompra por ligação telefônica aumenta na pandemia

Juliana Crem3 semanas atrás3 min

A invenção de aplicativos de bate-papo, como WhatsApp e Telegram, fizeram com que a ligação telefônica caísse em desuso para muita gente. No entanto, um estudo realizado pela PhoneTrack apontou que, em 2020, houve um aumento significativo no uso das ligações, principalmente para realizar compras.

Em 2016, 41% dos consumidores usavam a ligação telefônica como forma de contato com uma empresa. Ano passado, segundo a startup especializada em Inteligência Artifical (AI) aplicada à voz, esse número teve grande aumento e foi para 60%.

Jornada do consumidor

O smartphone ainda é o principal aliado do consumidor. Mas, agora, além de usar o aparelho para pesquisar sobre determinado produto ou serviço, ele também faz ligações para concluir uma transação.

“Mais de 40% das buscas mobile no Google são por negócios locais e 70% dessas buscas terminam em uma ligação a partir do momento que o consumidor decide efetivar uma compra”, diz Marcio Pacheco, CEO da PhoneTrack.

A pesquisa da empresa mostra que 28% dos consumidores ligam para a loja ou empresa após fazerem uma busca pelo celular. As empresas, no entanto, ainda não estão adaptadas a esse comportamento e 20% das chamadas não são atendidas.

“Em alguns setores, esse número chega a 50%”, diz Pacheco. A perda de ligação telefônica pode impactar no aumento ou queda das vendas e, sendo o CEO, aos sábados, a maioria das chamadas não é atendida e, durante a semana, só entre 18h e 19 horas.

Dentre as principais justificativas para que a ligação telefônica tenha sofrido aumento estão o imediatismo e a necessidade de tirar dúvidas sobre determinado produto ou serviço.

Imagem: Marcus Aurelius / Pexels / CC