Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um estudo do CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos) mostrou que usar duas máscaras pode ser muito mais eficaz na prevenção contra a Covid-19. Foram feitos experimentos para avaliar duas maneiras de melhorar o uso de máscaras contra infecção da Covid-19. No primeiro, uma máscara de pano é colocada sobre uma máscara de procedimento médico. O segundo consiste em dar um nó nas alças de uma máscara de procedimento médico e, em seguida, prender e achatar o material extra para perto do rosto.

Cada modificação reduziu substancialmente a exposição do usuário aos agentes nocivos. O estudo observou como as opções disponíveis mais comuns, como máscaras de pano e máscaras de procedimento médico, poderiam ter seu uso melhorado para trazerem eficácia mais próxima à de máscaras N95 e similares.

publicidade

No vídeo abaixo, a diretora de Prevenção de Infecções da UNC Hospitals, sistema médico sem fins lucrativos do Estado da Carolina do Norte, mostra o procedimento simples para obter um ajuste de nó em uma máscara de procedimento médico.

Aumento de eficácia em quase 95%

O CDC constatou que, nas duas maneiras testadas de uso de máscaras contra a Covid-19, a vedação ao redor do rosto do usuário aumentou de maneira bastante considerável. A exposição a aerossóis potencialmente infecciosos diminuiu em cerca de 92,5% O que é muito significativo, já que o padrão das máscaras N95 requer que pelo menos 95% de filtração de partículas de 0,3 mícron.

O uso da máscara de procedimento sem o ajuste de nó demonstrou uma eficácia de 42% de filtração em uma simulação de tosse. Já o uso de máscara de pano de forma isolada gerou um resultado levemente melhor, de 44,3% de eficácia.

publicidade

ilustração do CDC sobre quatro formas distintas de melhor uso de máscaras contra a Covid-19

No estudo, houve registro dessa melhoria nos resultados também no teste realizado com um ajustador, sem ser o nó, para moldar a máscara de procedimento médico aos contornos do rosto. Outra alternativa também testada foi o uso de uma cobertura de náilon esticada sobre a parte superior da máscara, seja de pano, seja de procedimento médico. Neste caso, o aumento da eficácia também foi constatado.

Entretanto, o CDC avisa que o novo estudo foi concluído com um único tipo de máscara de procedimento médico e um único tipo de máscara de tecido. Logo, outros tipos, marcas e estilos podem ter outros níveis de desempenho. Os pesquisadores também não exploraram outras combinações, como máscara de pano sobre máscara de pano ou uma de procedimento médico sobre uma de tecido.

Os formatos dos rostos, tamanhos, barba e cortes de cabelos também podem afetar no resultado para cada indivíduo no uso de duas máscaras para proteção contra a Covid-19, conforme registra o estudo do CDC. Além disso, existe a possibilidade de que ajustes feitos para garantir mais firmeza no rosto impeçam a respiração ou até mesmo acabem obstruindo a visão periférica de alguns usuários.

Via SlashGear

Imagem: MaximFesenko / iStock