Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Em fevereiro do ano passado, a Sony havia anunciado que estava trabalhando em um novo modelo de smartphone que seria um de seus flagships. O anúncio foi feito junto do lançamento de seu Xperia 1 II. Depois de uma espera de quase um ano, a empresa divulgou o lançamento de seu novo produto, o Xperia Pro, que deve custar US$ 2499 (R$ 13300, sem impostos). Quase o dobro de um iPhone 12 Pro Max (U$ 1399), Isso o torna, até onde foi possível apurar, o celular de produção em massa mais caro do mundo.

Mas dizer isso não é exatamente justo, porque não é exatamente um celular. É um equipamento de trabalho, pensado nos profissionais de audiovisual.

publicidade
Substituindo equipamentos
Imagem do Sony Xperia Pro ligado à câmera

Imagem do Sony Xperia Pro conectado à câmera pela entrada HDMI (Fonte: Divulgação/Sony)

É um aparelho mais rugged, resistente, feito para se encaixar a câmeras profissionais. A parte mais importante é a entrada HDMI, que permite que o aparelho se conecte com câmeras profissionais. Isso faz com que assuma a função de monitor de qualidade 4K , com sua tela OLED. Com 6,6 polegadas, é bem maior que uma tela típica de câmera (como visto na foto). Isso deve conferir um melhor acompanhamento do material que está sendo gravado ou fotografado.

A segunda parte são suas quatro antenas 5G mmWave, que permitem que o celular faça upload do material profissional, e em tempo real, para streaming de 4K. Geralmente isso é feito com equipamentos separados hoje. E depende, naturalmente, desse tipo de conexão estar disponível, o que, mesmo nos EUA, ainda é raro. Em regiões onde não houver acesso à essa rede, o celular deve funcionar como sub-6 GHz 5G ou LTE (comum aos demais aparelhos com conexão 5G).

E é nessa parte, em que não é celular, que está a justificativa do preço. No resto, o Xperia Pro presenta configurações idênticas ao modelo Xperia 1 II (incluindo o Snapdragon 865 5G), e não possui software profissional instalado.

Via Anand Tech

publicidade