Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple anunciou o que fará com parte do investimento de 100 milhões de dólares em seu fundo de igualdade social e racial. Anunciado em junho de 2020, após a sociedade civil dos EUA e do mundo realizarem intensas manifestações contra o racismo e a violência, a iniciativa pretende promover a igualdade e a justiça.

Segundo o release, a REJI (Racial Equity and Justice Initiative, ou Iniciativa de Equidade e Justiça Racial) tem como um dos objetivos desmantelar as barreiras sistêmicas às oportunidades. Além disso, o fundo de igualdade da Apple visa combater as injustiças enfrentadas pelas comunidades negras.

publicidade

renderização do Propel Center

Propel Center

O Propel Center (Centro de Impulsão) é um dos projetos anunciados para parte do investimento de 100 milhões de dólares. Com a proposta de se tornar um centro de inovação e aprendizado pioneiro para universidades e faculdades historicamente negras (HBCU), ele receberá US$ 25 milhões.

O valor será utilizado na construção de um campus no Centro Universitário de Atlanta. Também será desenvolvida uma plataforma virtual de apoio aos alunos e professores da comunidade HBCU. O Propel Center pretende fornecer oportunidades de aprendizado em inovações tecnológicas, como aprendizado de máquina, inteligência artificial, realidade aumentada e tecnologias agrícolas. Também haverá conteúdos de justiça social, artes, entretenimento e empreendedorismo.

renderização com vista de cima do Propel Center

publicidade

Para o Propel Center, o fundo de igualdade da Apple poderá contar com parcerias. As instituições que participarem do projeto poderão fazer parte das ativações do campus. Especialistas da Apple estarão fornecendo oportunidades de trabalho e acompanhamento nas formações educacionais no projeto.

Academia de Desenvolvimento em Detroit

Outro projeto da Apple que receberá parte do fundo de igualdade é a Academia de Desenvolvimento na cidade de Detroit. Com colaboração da Universidade do Estado de Michigan, a Apple fornecerá cursos de sua academia para todos os alunos da cidade.

A iniciativa da Academia de Desenvolvimento pretende começar ainda este ano. Tem como um dos principais objetivos capacitar jovens empreendedores, criadores e programadores negros. Dessa forma, um dos resultados também esperados é a formação de profissionais capacitados para desenvolverem aplicativos iOS.

moça de óculos usando um macbook

Harlem Capital e Clear Vision Impacto

A empresa de capital de risco Harlem Capital, de Nova York, investe em 1.000 empresas pertencentes em boa parte a jovens empresários. Também fornece estrutura financeira para empresários negros. O fundo de igualdade destinará 10 milhões de dólares para a empresa. Com isso, a Apple pretende promover o acesso às oportunidades econômicas.

A Harlem Capital estará presente na Academia de Desenvolvimento em Detroit e no Campo Empreendedor da Apple para empresários e desenvolvedores, fornecendo orientação e mentoria. Em contrapartida, a Apple também apoiará o programa de estágio da empresa.

Outros 25 milhões de dólares estarão sendo investidos no Clear Vision Impact Fund, um fundo de empreendimentos de impacto social da empresa de investimentos Siebert Williams Shank criado em parceria com a Microsoft. Voltado para pequenas e médias empresas pertencentes a minorias e mulheres, o Clear Vision Impact Fund também tem como objetivo a melhoria do acesso e do desenvolvimento tecnológico para o fomento da igualdade.

Martin Luther King Jr.

O memorial vivo dedicado ao legado de Martin Luther King Jr., o King Center, também receberá contribuições do fundo de igualdade da Apple. A REJI pretende fortalecer seu propósito de compartilhamento de ideais de justiça social e combate à desigualdade também para as gerações futuras.

A Dra. Bernice A. King estará na semana que vem em um evento da Apple chamado Challenge for Change (Desafios para a Mudança). A filha de Luther King e CEO do King Center participará incentivando os jovens para que contribuam com suas comunidades.

Via 9to5Mac e MacRumors