Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

A Microsoft lançou o Surface Pro 7+, que tem o mesmo design do Surface Pro, mas com especificações bem melhores, a começar pelo novo processador Intel de 11a geração, o Tiger Lake, com modelos com processadores Core i3, Core i5 e Core i7. 

Mudanças do Surface Pro 7+ são internas

O novo Surface tem exatamente a mesma tela PixelSense de 12,3 polegadas e resolução de 2736 x 1824 pixels, assim as mudanças estão por dentro. Os modelos com Wi-Fi contam com entrada para cartões de memória, e os modelos 4G LTE tem um nano SIM no compartimento. Além disso, uma das versões é equipada com o modem Snapdragon X20 LTE, assim ele terá conectividade 4G. A Microsoft optou por não lançar uma versão 5G, o que é uma pena.

publicidade

Surface Pro 7+

A empresa tem planos para criar seu próprio processador para a linha Surface, mas isso ficou para um momento futuro. O dispositivo pode ser configurado com 32 GB de RAM e 1 TB de capacidade. A bateria também é maior, com 50,4Wh, o que permite uma autonomia de 15 horas, contra 10 horas e meia do Surface Pro 7. Além disso, o SSD também é removível, o que pode ser uma verdadeira mão na roda. 

E os preços? O modelo com processador Core i3 tem 8 GB de RAM e um SSD de 128 GB custa US$ 900 (cerca de R$ 4.927, mas sem impostos e taxas), sem contar a capa com teclado. O Surface Pro 7+ com Core i5 tem duas versões, ambas com conectividade 4G LTE. A primeira tem 8 GB de RAM e SSD de 128 GB, e custa US$ 1.150 (R$ 6.295), e a outra tem 16 GB de RAM e SSD de 256 GB, por US$ 1.650 (R$ 9.033). O modelo com Core i7 tem 32 GB de RAM e SSD de 1 TB, e custa US$ 2.800 (R$ 15.328). 

Nesse primeiro momento, o Surface Pro 7+ só será vendido para empresas e para estudantes.

publicidade

Clique abaixo para ver um vídeo do Surface Pro 7+.
https://youtu.be/wBOSZfzDgBE

Via GSMArena e The Verge