Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Looking Glass Portrait (“retrato do espelho”) chegará em breve às mãos dos apoiadores.  Trata-se de uma tela holográfica de mesa que mostra fotos em 3D de vários ângulos, além de vídeos sem precisar de óculos ou tecnologias que rastreiam o movimento dos olhos.

Quem garantiu foi o co-fundador da empresa Shawn Frayne, nesta tarde ao promover uma live ao vivo pela plataforma Zoom demonstrando todas as funcionalidade. Na ocasião, além de responder perguntas de vários participantes, Frayne revelou em detalhes como funciona a tecnologia de exibição e o processo de transformar imagens em modo retrato, nas fotos 3D.

publicidade

Segundo Frayne o Looking Glass foi projetado para atender  tanto às pessoas que trabalham com modelagem em 3D ou desenvolvem aplicativos interativos em Unidade, ou mesmo cineastas, fotógrafos, artistas e designers, entre outros profissionais. Também atende ao público em geral que deseja explorar a captura e criação tridimensional.

Segredos do espelho

Durante a live de demonstração o CEO explicou que em ângulos mais amplos, a tela holográfica ficará preta, mas por meio do cone de visão de 58 graus a imagem ficará visível em 3D. O processo de conversão de holograma 2D em 3D acontece em duas etapas e basicamente fazem uso de metadados que contêm o mapa de profundidade.

“Na primeira etapa é aplicado um algoritmo para inferir a profundidade de diferentes tipos de fotos 2D. Isso se baseia em um grande conjunto de fotos de bancos de imagem que atuam como a principal entrada do algoritmo. Esta etapa resulta em uma imagem de profundidade da foto original, onde os vários tons indicam a profundidade aproximada de cada parte da imagem colorida correspondente.”

O CEO acrescentou ainda que na “segunda etapa usamos essa imagem de profundidade acrescentando pares de imagens em RGB para extrapolar as dezenas de diferentes perspectivas para finalmente exibir no Looking Glass Portrait como uma foto holográfica”.

publicidade

O processo é demonstrado num celular abaixo.

O processo é feito com o auxílio de um software de edição para mídia holográfica chamado HoloPlay Studio ou ainda o HoloPlay Core, que também funcionará com este modelo para que seja possível criar integrações personalizados para o dispositivo.  Com os softwares é possível enviar até mil imagens para o monitor holográfico o que permite a conversão de fotos em imagens holográficas 3D.

Financiamento coletivo

A partir de março o Looking Glass Portrait será enviado aos apoiadores que participarem da campanha de financiamento coletivo do projeto no Kickstater. Mas isso não é um problema já que o público parece estar muito interessado. A adesão ao  projeto que tinha como meta levantar US$50 mil, alcançou até agora US$ 2,3 mi  e 7742 apoiadores.

Ainda dá tempo de ser um apoiador pois a campanha segue aberta. Os valores variam de US$10 (sem direito a recompensa e já conta com 700 apoiadores), ou US$249, que dá direito ao básico do Looking Glass.  Há mais valores disponíveis. Já para aqueles que desejarem desembolsar  US$1.999,  a recompensa é de 10 unidades do Looking Glass, vem com software chave, incluindo HoloPlay Studio, e todas as outras integrações de software Looking Glass, além de trilho fotográfico e estojo de transporte.  Esta oferta especial inclui frete grátis para EUA e Japão, mas há taxas calculadas separadamente para outros países. Após a campanha esse mesmo pacote deve custar  US$3.490.

A Looking Glass Factory é uma startup do Brooklyn, cuja equipe de hardware está baseada em Hong Kong.