Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Qualcomm apresentou nesta segunda-feira (04/01), em sua conta oficial ma rede social chinesa Weibo, a primeira imagem do Quick Charge 5, seu novo carregador de referência. O dispositivo vem na cor branca e possui uma única entrada USB, com o logotipo da empresa na parte inferior.

A Qualcomm anunciou a tecnologia Quick Charge 5 em julho do ano passado. A empresa diz que o padrão pode carregar uma bateria de 4.500 mAh de 0 a 50% em cinco minutos e até 100% em 15 minutos. Ainda de acordo com a Qualcomm, a tecnologia Quick Charge 5 carrega até quatro vezes mais rápido que sua antecessora, Quick Charge 4.

publicidade

Além disso, permite 12 níveis de proteção para excessos de voltagem, corrente e temperatura – entre eles, por exemplo, uma proteção contra sobretensão em entrada USB de 25V. A nova tecnologia também teve um aumento de 70% na eficiência de alimentação e dez vezes mais potência de saída. A Quick Charge 5 opera em uma janela de temperatura dez vezes mais fria e possui suporte a tecnologia de carga dupla/tripla e tensão de entrada adaptável.

Quick Charge 5

A Qualcomm divulgou a primeira imagem do Quick Charge 5 em seu perfil oficial no Weibo (Qualcomm/Divulgação)

Disputa com a Huawei

A Quick Charge 5 deve ser a primeira plataforma comercial de carregamento para smartphones a fornecer mais de 100W de potência. Meses atrás, o Xiaomi Mi 10 Premium Edition já se tornou o primeiro celular compatível com a tecnologia.

No entanto, já existem concorrentes que ultrapassaram a potência de 100W. Um exemplo é um carregador da Huawei que recebeu uma certificação 3C na última semana, e chega até 135W. O carregador da companhia chinesa pode ser usado tanto em telefones celulares quanto em notebooks.

Via Sparrowsnews

publicidade