Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Hoje, você usa a Siri para aumentar o volume da música ou mudar de faixa no seus fones de ouvido sem fio. Usando, portanto sua língua, como forma de produzir fala para controlar o dispositivo. Talvez esse tipo de ação logo vire uma memória. O site PatentlyApple descobriu uma patente da Apple aprovada recentemente indicando que uma versão dos AirPods de um futuro próximo poderá ser controlada tocando sua cabeça ou braços, e com um movimento da língua. Controlando diretamente com a língua.

Pelas imagens da patente (número US010873798), a tecnologia usaria dois sensores no canal auricular para enviar e perceber sinais através do corpo do usuário.

publicidade

Ilustração da Patente da Apple

Sao sensores capazes de detectar um toque no corpo e até onde o toque foi. Considerando os diagramas da patente, a tecnologia permitiria controlar funções do AirPods deslizando um dedo pelo braço ou bochecha, estalando a língua ou mesmo batendo de leve os dentes.

Extrapolando o conceito original, dá pra pensar em vários usos para essa nova tecnologia. Se é possível controlar um número cada vez maior de aparelhos domésticos smart com o celular, e alguns por voz mesmo, fica a ideia muito interessante do que poderíamos fazer se nosso corpo todo fosse um controle remoto.

Outro aspecto interessante é como essa tecnologia poderia ajudar pessoas com deficiências físicas. AirPods controlados com a língua poderiam dar grande autonomia para alguém numa cadeira de rodas, e até em situações mais desafiadoras; pense no que Stephen Hawking poderia fazer com algo desse tipo.

publicidade

Por outro lado, fico pensando no que aconteceria com sua playlist do Spotify se você sentisse aquela coceira irritante nas costas, ou se uma abelha ficasse presa no seu cabelo.

Via Digital Trends.