Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple informou hoje (16/12) que a adoção do iOS 14, nova versão do sistema operacional embarcado nos iPhones, já é de 81% nos dispositivos lançados até quatro anos atrás, além de bater a marca de 72% em todo o ecossistema de smartphones da empresa. Com esses números, o novo sistema operacional, que permite inovações inéditas (como a Siri imitar animais), já deixou para trás o seu predecessor, o iOS 13.

A divulgação foi feita através de um relatório enviado pela Apple a desenvolvedores do sistema – algo que a empresa de Cupertino faz em caráter periódico. Segundo o relatório, apenas 18% dos aparelhos vendidos pela Apple estão rodando no iOS 13, e outros 10% funcionam em uma versão anterior. Com isso, o documento conclui que a adoção do iOS 14 é mais rápida do que seus predecessores, considerando o tempo de avaliação – o iOS 13 não atingiu 70% da base de usuários da Apple até fevereiro de 2020.

publicidade
adoção do iOS 14

Com o iOS 14, a Apple repaginou a exibição de widgets, tornando mais acessíveis os principais recursos do iPhone (Imagem: Apple/Divulgação)

O mesmo não pode ser dito do iPad: segundo o relatório, 61% dos dispositivos vendidos pela empresa estão rodando no iPadOS 14, contra 21% do iPadOS 13 e 18% dos aparelhos em versões anteriores.

Adoção do iOS 14 ajuda desenvolvedores em projetos

Divulgar um relatório sobre a adoção do iOS 14 pode parecer uma tentativa de se gabar por parte da Apple, mas esse documento tem um propósito: como ele é direcionado a desenvolvedores, saber de forma aproximada qual o tamanho da base instalada de cada versão do sistema operacional os ajuda a determinar o curso de ação de seus aplicativos.

Por exemplo: uma vez que a esmagadora maioria da base está no iOS 14, é seguro dizer que criadores de aplicativos queiram manter seus produtos atualizados com suporte à versão mais recente. E os 18% do iOS 13 implicam que os desenvolvedores podem começar a flertar com a ideia – se já não o fizeram – de abandonar o sistema operacional anterior.

Essa diferença de velocidade de adoção entre o iOS 13 e o iOS 14 se deu, provavelmente, pelos recursos inaugurados na nova versão, como uma nova apresentação dos widgets, que estão mais fáceis de serem acessados agora. Além disso, a Apple vende muito mais iPhones do que iPads, então o volume de vendas dos aparelhos também traz uma influência nisso.

publicidade

Imagem: Daniel Constante/Shutterstock