Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois do Google recentemente liberar um recurso que multiplica os emojis (Emoji Kitchen), agora os usuários do Google Messages, seu app de chat,  também vão poder demonstrar emoções utilizando as figurinhas com as reações em emoji. Esse recurso, já estava disponível no Facebook Messenger, nas DMs do Twitter e no iMessage da Apple. Ele permite que o usuário comente rapidamente em uma mensagem por meio de uma reação.

Para reagir a uma conversa, basta que o usuário passe o mouse ao lado de qualquer mensagem e escolha uma das sete reações: 👍🏾 (“joinha” ou “like”), 😍, 😂, 😯, 😢, 😠,👎🏾 (“dislike”). Assim tem como dar feedback de um texto sem digitar uma resposta totalmente nova e apenas enviar emojis para outras pessoas em qualquer bate-papo, seja para um só remetente, ou para vários grupos.

publicidade
Emojis via SMS

Desde que adicionou o protocolo RCS (Rich Communication Service) ao aplicativo, em 2019, o Google vinha tentando melhorá-lo. Em maio o Google Messages passou a testar reações com emojis no RCS. Em julho lançou o mesmo recurso no Android. Vale lembrar que as reações só funcionam em conversas com os recurso RCS ativados. Usuários de iPhones ou outros que não possuam um dispositivo compatível com RCS não poderão ver as reações.

Com a mudança no Google Messages, as reações em emojis ajudam a agregar valor ao tradicional SMS, que fica com funções parecidas com as dos aplicativos WhatsApp e Telegram. Mesmo que o SMS não seja mais tão usado no Brasil, ainda é muito comum em outros países, como por exemplo os Estados Unidos. O Google Messages que permite responder com reações em emojis já está disponível em vários países e a expectativa é que até o final deste ano esteja acessível a todos.

Quem usufrui das ferramentas do Google Messages também já está contando os dias para que esteja disponível a criptografia de ponta a ponta. Por enquanto, o recurso só foi liberado aos usuários beta do serviço de mensagens, mas até janeiro também deverá ser estendido a todos os usuários Android.

Via Android Central

publicidade