Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Em setembro deste ano, a inventora Simone Giertz fez um vídeo mostrando como ela criou um instrumento musical feito de dentes. Enquanto a experiência dela rendeu meio que um piano/castanhola de dentaduras, a geringonça também inspirou o artista sueco Love Hulten a construir um aparelho muito, mas muito mais bizarro. O VOC-25 é um sintetizador vocal com várias bocas, cada uma com seu próprio grito de desespero.

publicidade

Mas como funciona essa maravilha tecnológica, você provavelmente não está se perguntando. Mas, vamos explicar assim mesmo: o usuário sobe amostras de som no aparelho por cabo USB. Aí, uma placa Axoloti vai traduzir a entrada de MIDI em correntes contínuas através de controles dentro de uma espécie de monitor com as dentaduras de plástico. Placas personalizadas comandam o som, e alto-falantes internos tocam a composição do sintetizador de bocas de volta para o usuário.

Além disso, Hulten tem outras criações bem menos perturbadoras, como um simpático fliperama portátil de madeira, um sintetizador ao estilo synthwave e um tocador de fita cassete com “efeitos visuais inúteis”.

Voltando ao VOC-25, o sintetizador também tem modos para as bocas cantarem como um coral afinado. Mas o modo “berro” é o que mais chama a atenção, e o que mais combina com 2020, na minha humilde opinião. Infelizmente, o VOC-25 não deve chegar na loja de instrumentos musicais mais perto de você, já que é mais uma obra de arte conceitual que um aparelho que músicos fariam fila para comprar. Bom, por enquanto parece que vamos ter que gritar nós mesmos.

Via engadget.

publicidade