Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Quem pensa que a série baseada na empresa Gawker Media seria um sucesso, pode ir mudando de ideia. Na verdade, ela pode nem sequer acontecer. Segundo o The New York Times divulgou, assim que soube que a Apple TV Plus estava no desenvolvimento inicial do projeto, o CEO da Apple, Tim Cook, tratou de vetar na mesma hora.

Com o nome de Scraper, a série foi uma ideia de dois ex-funcionários da Gawker, Max Read e Cord Jefferson, já tinha vários episódios escritos e havia sido vendida, em janeiro deste ano, para a Apple.

publicidade
Apple x Gawker Media: problemas surgiram num passado não tão distante

Foto de Tim Cook, CEO da Apple, na frente da escultura do Apple Park

No entanto, o motivo para a série não sair sequer do script, pelo menos na Apple, tem motivo. E não é de hoje. Em 2010, quem não se lembra das imagens vazadas do iPhone 4, pelo Gizmodo, portal da empresa Gawker Media? A cena foi fatídica: um engenheiro de software da Apple deixou o protótipo em um bar, poucos meses antes de ser lançado publicamente. Isso levou o ex-CEO da Apple, Steve Jobs, a ordenar imediatamente a devolução do protótipo, o que fez com que a polícia chegasse ao ponto de invadir a casa de um editor do site para encontrá-lo.

Ou de 2008, quando a mesma empresa, sempre envolvida em polêmicas, revelou que Tim Cook era homossexual? Isso explica a surpresa com que o executivo recebeu a notícia de que a sua empresa estaria envolvida num projeto da que o detonou. Segundo fontes próximas a Cook, bastou ele enviar um e-mail para outro executivo da Apple demonstrando a sua visão negativa sobre a empresa de mídia para colocar um balde de água fria nos planos dos criadores da série.

Em tempo: a Gawker Media, tema da série, pediu concordata em 2016, antes de ser comprada e rebatizada de Gizmodo Media Group. Agora, a série Scraper parte em busca de um novo parceiro de produção. Enquanto isso, Tom Neumayr, que é um porta-voz da Apple, preferiu não comentar sobre o fato com ninguém da imprensa, optando pelo silêncio.

publicidade

Aguardemos cenas do próximo episódio!

Via The New York Times e Business Insider.