Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Sharp lançou na última quarta-feira (9/12) sua primeira linha de fornos microondas compatível com a Alexa, assistente virtual da Amazon. Os modelos são o intermediário SMC1139FS, com capacidade de 30 litros, e o seu irmão maior, o SMC1449FS, voltado para famílias, com capacidade de 40 litros.

Os dois modelos têm conexão Wi-Fi e são ajustados para comandos de voz da Alexa, e podem atender a tarefas tradicionais como descongelar carnes, frangos e vegetais.

publicidade

O problema surge quando entra em jogo um dos itens preferidos do usuário de microondas. Por questões contratuais, a única forma de esquentar uma pipoca neste aparelho via Alexa é se você comprar a marca Orville Redenbacher. Peça à assistente virtual o comando de “microondas pipoca clássica” e o micro-ondas só reconhece a embalagem da Orville.

Tirando esse problema, o novo microondas com Alexa da Sharp apresenta boas qualidades. Enquanto o SMC1139FS vem com cerca de 30 comandos de voz e 10 predefinições, o modelo mais largo chega a 70 comandos e 50 predefinições de alimentos, que variam de couves de Bruxelas a asinhas de frango.

Mais controles que o microondas da concorrente Amazon

O Sharp também apresenta mais controles do que o forno Amazon Basics, até então o único microondas compatível com a Alexa (e obviamente lançado pela empresa homônima). Além de incluir funções pré-estabelecidas para bebidas e batatas, o aparelho tem um botão extra de 30 segundos que pode ser acionado quando a refeição não foi propriamente esquentada.

Nos Estados Unidos, os novos fornos microondas Sharp estão disponíveis por US$ 150 (cerca de R$ 780) – modelo de 30 litros – e US$ 170 (R$ 880) – modelo de 40 litros. Os preços são muito mais altos do que o aparelho da Amazon, que sai por US$ 60 (R$ 300). Mas, caso o usuário não se importe em consumir uma única marca de pipoca, pode ser uma boa opção na cozinha.

publicidade

Via Engadget.